Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Senado aprova empréstimo dolarizado de US$ 250 milhões
11:37   05 de Setembro, 2019
d002e83721e7c3105535a1c6972533f2.jpg

 

secom/ MT

foto agencia Senado

O plenário do Senado Federal aprovou nesta noite de quarta-feira (04) a autorização para que Mato Grosso realize o contrato de empréstimo de US$ 250 milhões com o Banco Mundial. Com a aprovação, que seguirá para a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, o processo deverá ser finalizado com a assinatura do contrato em breve.

Em menos de 24 horas, o empréstimo foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e em seguida foi para o Plenário, onde também foi aprovado por unanimidade.

Para o governador Mauro Mendes (DEM), que está mobilizado em Brasília, o empréstimo é fundamental para que seja possível quitar a dívida junto ao Bank of America.

Pela manhã, o senador Jayme Campos(DEM) classificou como uma ‘vitória’ a aprovação. Na votação no Plenário, ele voltou a comemorar a autorização do empréstimo, considerando o tempo recorde.

Além de celebrar, a senadora Selma Arruda (PSL) criticou a dívida contraída em gestões passadas, que agora poderá ser sanada. “Mato Grosso precisa sair dessa crise o quanto antes. Embora sejamos um celeiro do Brasil, talvez um dos estados que mais produz, mas a crise também nos atingiu, e nos atingiu graças a administrações anteriores que não cumpriram o seu papel adequadamente”, disse.

Esta dívida foi contraída no governo Silval Barbosa. O contrato firmado em 2012 se estende até 2022. O objetivo do empréstimo seria trocar a atual dívida com o Bank Of America, que ainda restam 7 parcelas de cerca de R$ 140 milhões cada e devem ser pagas até 2022, por um novo empréstimo, que teria juros mais baixos e seria pago em 20 anos.

O governador tem até o fim deste mês para pagar a próxima parcela do empréstimo com Bank of America. O valor da parcela é de US$ 36.980.385,00 a ser desembolsado pelo governo e varia de acordo com o valor do dólar.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte