Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Vice-governador assume compromisso de apresentar projeto para interligar todos os municípios da região
Através de uma proposta de parceria, asfalto interligaria de Guarantã a Aripuanã, passando por Alta Floresta
13:44   18 de Setembro, 2019
b917e078142dd3d2edbd8c27d184126e.jpg

José Vieira do Nascimento
Editor Mato Grosso do Norte

O vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) que esteve em Alta Floresta na tarde de segunda-feira, 16, assumiu o compromisso de num prazo de 30 dias, formular um projeto para integrar a região, através de obras de asfalto, interligando todos os municípios da região de Alta Floresta, de Guarantã do Norte a Aripuanã.
Pivetta participou de uma reunião na Câmara Municipal de Alta Floresta, com o secretário de Infraestrutura, Marcelo Padeiro, deputados estaduais Dilmar Dal’Bosco (DEM), Romoaldo Júnior (MDB) e Nininho (PSD). Também estava presentes, prefeitos e vereadores dos municípios da região.
Conforme o vice-governador, a região de Alta Floresta é a última fronteira agrícola de Mato Grosso, com grande potencial para a produção agrícola e tem que haver uma solução por parte do governo, em parceria com a sociedade, para tirar a região do isolamento.
O projeto teria como base o asfaltamento das rodovias MT 419, 325, 160 e 208, ligando Guarantã do Norte, passando por Alta Floresta, Juara, chegando a Aripuanã. 
“Assumo o compromisso de apresentar uma solução para tirar os municípios da região do isolamento. Junto com o Marcelo [secretário da Sinfra]. Vamos analisar todos os projetos das estradas da região, para ligar Alta Floresta a BR-163 e aos municípios de Cotriguaçú, Juruena, Juara, Aripuanã, dentre outros, e fazer um programa de chamamento público, para os prefeitos e associações que queiram ser parceiros", disse.
Conforme ele, a região tem todos os fatores e ingredientes necessários, que são o potencial econômico e a representação política, para se trabalhar a integração e tirá-la do isolamento. “Vejo que há muita vontade de viabilizar este projeto, por isso, eu assumo aqui este compromisso, que é um direito dos moradores desta região”, assegurou o vice-governador.

O vice-governador disse que apesar de não estar aparecendo, está participando efetivamente do governo, estando presente em todas as ações do executivo estadual.

 “Recebemos o governo na UTI e Mato Grosso é um Estado Grande. Por isso, o governo não consegue dar resposta no tempo que a sociedade espera. Mas o governador está pondo a casa em ordem para Mato Grosso avançar”, disse acrescentando que o "novo governo do Estado não rouba, não promete o que não pode fazer e tem como finalidade fazer tudo o que dá para ser feito”. 
Politec - O vice-governador assegurou que outras demandas cobradas para a região, como a Politec- Perícia Oficial de Identificação Técnica- estão sendo resolvidas pelo governo estadual. 
“Podem ter certeza que as medidas estão sendo tomadas. Sobre médico legista, pode ter certeza que está sendo resolvido, esta questão está sendo solucionada pelo governador”, afirma Pivetta.
O deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM) líder do governo na Assembleia Legislativa, afirmou que o governador assinou a autorização para a contratação de médicos legistas credenciados para atender todos os municípios de Mato Grosso.
Atualmente, Alta Floresta depende de legistas da Politec de Sinop para atender a liberação de corpos, das pessoas que morrem na cidade. Às vezes, a família tem que esperar até três dias para ter o corpo de seu ente liberado. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte