Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Max Verstappen acaba com domínio da Ferrari e faz melhor tempo no 2º treino na Rússia
Equipe italiana domina maior parte da sessão em Sochi, mas holandês da RBR aparece na segunda metade e deixa Charles Leclerc em segundo lugar, com a dupla da Mercedes a seguir
14:11   27 de Setembro, 2019
2b8b7c1372592b0e58617ade478b178f.jpg
Foto: Getty Images

Por GloboEsporte.com — Sochi, Rússia

Max Verstappen interrompeu o domínio absoluto da Ferrari ao liderar o segundo treino livre para o GP da Rússia, em Sochi. O holandês da RBR cravou 1m33s162 na sua volta mais rápida e foi 0s335 mais veloz do que Charles Leclerc, que havia sido o mais rápido na primeira sessão.

A dupla da Mercedes veio a seguir, com Valtteri Bottas de novo à frente de Lewis Hamilton, enquanto Sebastian Vettel, após perder tempo no último setor da pista na sua simulação de classificação, ficou em quinto, a 1s039 do tempo de Verstappen.

Completaram os dez primeiros colocados, da sexta à décima colocações, Pierre Gasly (STR), Sergio Pérez (Racing Point), Nico Hulkenberg (Renault), Lance Stroll (Racing Point) e Alexander Albon (STR).

Neste sábado, às 6h (de Brasília), os pilotos voltam à pista no terceiro treino livre. Às 9h será disputada a classificação que vai decidir o grid de largada. O SporTV3 e o SporTV Play mostram os dois treinos ao vivo, com narração de Sergio Mauricio e comentários de Reginaldo Leme e Felipe Giaffone. Siga também em tempo real pelo GloboEsporte.com.

Vettel fora duas vezes

Logo no começo do treino, Sebastian Vettel passou reto no fim do segundo setor e foi na área de escape. O alemão segurou o carro e evitou uma batida antes de voltar para a pista, mas o jogo de pneus ficou comprometido, tanto que minutos depois ele escapou de novo, no fim da reta dos boxes.

Curva 13 é o terror dos pilotos

A freada para a curva 13 é realmente a mais traiçoeira do circuito de Sochi, já que a redução começa com o volante sendo virado para a esquerda e termina na curva à direita. Logo depois de Vettel Valtteri Bottas também passou reto no ponto mas, a exemplo do alemão, voltou ao traçado.

Romain Grosjean também deu sua saída de pista na curva 13, mas desta vez voltou com o carro da Haas inteirinho para a pista! Da mesma forma, Antonio Giovinazzi escapou no local.

"Baliza" da discórdia

A direção de prova colocou placas com setas para obrigar os pilotos a contorná-las em caso de escapada entre as curvas 1 e 2. Só que a "baliza" ficou um tanto apertada, tanto que alguns pilotos a ignoraram, ou até mesmo a atingiram, o que chegou a deixar o treino em regime de safety car virtual.

Pelo menos os pilotos passaram a respeitar mais a "baliza", tanto que Max Verstappen e Kimi Raikkonen passaram reto naquele local e contornaram as placas de forma correta. Mas Charles Leclerc não respeitou as placas...

Leclerc x Vettel

Desde os primeiros minutos do treino, a Ferrari voltou a dominar, com Leclerc e Vettel separados por apenas 0s158 na primeira meia hora de treino, com Bottas, Verstappen e Hamilton a seguir, mas já a mais de 0s6 da dupla ferrarista.

Faltando 50 minutos para o fim do treino, Leclerc derrubou sua marca anterior em 0s6 e foi o primeiro a baixar da casa de 1m34, com 1m33s497. Logo depois, Vettel passou apenas 0s001 acima de Leclerc na primeira parcial, mas foi atrapalhado pelo tráfego e abortou a volta.

Verstappen aparece

A 43 minutos do fim do treino, Max Verstappen voltou a mostrar a velocidade da RBR, ao assumir o primeiro lugar com 1m33s162. O problema é que o holandês perderá cinco posições no grid de largada por causa da troca do motor de combustão (ICE) de sua unidade de potência Honda.

Em seguida, a dupla da Mercedes melhorou seus tempos, com Valtteri Bottas e Lewis Hamilton superando Vettel, mas ainda a mais de 0s6 de Verstappen.

Calma, meninos!

A STR quase teve um prejuízo no treino quando Pierre Gasly foi trancado pelo próprio companheiro Daniil Kvyat na freada do fim da reta principal. O russo deixava os boxes enquanto o francês vinha na aproximação para a curva 1. Gasly chamou o companheiro de "estúpido" pelo rádio, enquanto Kvyat se desculpou e disse que não viu o parceiro de time.

Foi por pouco...

Num outro lance de "quase acidente", Max Verstappen vinha lento pela pista na curva 3 quando Lewis Hamilton estava numa volta rápida e precisou desviar em cima. Por pouco não houve o choque, mas o inglês chegou a sair com duas rodas fora da pista.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte