Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
13:49   09 de Outubro, 2019

R$ 6,5 milhões
Na proposta para se buscar acordo de colaboração premiada junto ao MPE, José Riva traz detalhes, mostra que o deputado Sebastião Rezende, hoje no quinto mandato, recebeu propina mensal em três condições distintas entre março de 2003 a janeiro de 2015. De 2003 a 2005, foram 24 pagamentos de R$ 30 mil a Rezende, segundo revela o ex-presidente da Assembleia, o que totalizou R$ 960 mil, já com valores de impostos descontados. Entre 2005 e 2011, o valor mensal já passou para R$ 35 mil. Neste período, Rezende teria embolsado 72 pagamentos, somando nada menos que R$ 3,3 milhões de propina. De 2011 a 2015, foram liberados para o deputado 48 pagamentos de R$ 50 mil, chegando a R$ 3,2 milhões. Considerando todos os pagamentos mencionados por Riva, Rezende teria embolsado neste período R$ 6,5 milhões.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte