Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Presentão! Aniversariante, Vitinho ganha credenciais de solução em meio a desfalques no Flamengo
Na semana em que completou 26 anos, atacante aproveita oportunidade com gol e assistências e vive o seu maior protagonismo com a camisa rubro-negra dias antes da semifinal da Libertadores
13:28   11 de Outubro, 2019
a37f6c02aa3be729ffd4e6f68f8c23b3.jpg
Foto: FC

Por Marcelo Baltar e Thiago Lima — Rio de Janeiro

Vitinho já teve altos e baixos no Flamengo. Desde que chegou no meio do ano passado, oscilou bons jogos com atuações apagadas. Agora vive sua semana mais protagonista com a camisa rubro-negra: no domingo, foi dele o passe para o gol da vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense; e quinta-feira, teve a noite de maior brilho com duas assistências e golaço no 3 a 1 em cima do Atlético-MG. O atacante, que fez 26 anos na quarta, ganhou de presente pontos importantes com Jorge Jesus e a torcida.

Mais do que isso, o camisa 11 atravessa sua melhor fase a poucos dias do jogo de volta contra o Grêmio, em 23 de outubro, valendo uma vaga na final da Libertadores, e se credenciou a ser o substituto de Arrascaeta. Na ausência do uruguaio, recém-operado, e de Gabigol, que está com a Seleção, Vitinho vem ganhando oportunidades e as está aproveitando. Após a partida, ele agradeceu ao Mister pelas chances:

– Ele tem tido paciência, procurado tocar nos pontos que eu preciso evoluir e me passar confiança. Ele tem me elogiado. O Jesus tem sido fundamental, e hoje me sinto mais preparado e mais confiante para jogar – disse o atacante.

A noite, no entanto, não começou fácil. Como ocorre com certa frequência, o camisa 11 ouviu vaiais no Maracanã. Não foram muitas, mas são recorrentes, apesar de Vitinho ter mostrando que estava a fim de jogo desde o início. Respondeu com gol no momento em que o Flamengo mais precisava, após o empate do Atlético-MG, mas demonstrou nitidamente incômodo ao não comemorar até ser incentivado pelos companheiros. E viu as vaias se transformarem em ovação.

– Representa o trabalho que a gente vem desempenhando, com o suporte do clube, dos companheiros, da comissão e do Mister. Pude fazer o meu melhor e ajudar a equipe e fico muito feliz. O mais importante era manter o ritmo e o nível que a equipe vem tendo. E assim aproveitar a oportunidade.

Jesus pede carinho

Reagir bem às vaiais não é novidade para Vitinho. Contra o CSA, por exemplo, ele abriu o caminho da vitória justamente quando ouvia as primeiras queixas da torcida em Brasília. Na ocasião, lamentou e disse que não dava para entender. Não é sempre, no entanto, que as vaias são sucedidas de gols. Jorge Jesus elogiou o atacante e pediu carinho da torcida, que ovacionou o jogador ao ser substituído.

– O Vitinho é um jogador especial por suas características. É especial da forma que ele sente os aplausos positivos ou negativos... É um jogador que tem dificuldade de conviver com determinada situação. Por isso, é importante a ovação que ele recebeu – alertou o português em entrevista coletiva após a vitória sobre o Atlético-MG.

O treinador, aliás, sempre foi um admirador do futebol de Vitinho. Jesus o elogiou internamente nas primeiras semanas de trabalho no Brasil. Vitinho foi titular na estreia do português, contra o Athletico-PR, mas sofreu uma lesão no joelho, no fim de julho, foi operado e ficou um mês fora. Perdeu espaço e demorou a ganhar novas oportunidades.

A tão desejada sequência surgiu em outubro, devido a lesões e convocações em Data Fifa – Berrío, que vinha entrando primeiro nas substituições e parecia à frente na fila, também se machucou. E Vitinho, que chegou a 10 gols em 66 jogos pelo Flamengo, sendo sete em 2019, vem tendo oportunidade de mostrar que pode ser importante em um momento decisivo da temporada. E está se credenciando para isso.

– Ele foi muito importante para a vitória e para confirmar o talento que tem. Vem de um mês e meio parado, e é importante que recupere essa qualidade. Contra a Chapecoense serviu o Bruno, hoje serviu o Arão. Isso tudo é importante – destacou Jesus.

Com Vitinho no provável time titular, o Flamengo volta a campo no domingo e vai a Curitiba enfrentar o Athletico-PR, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada. O Rubro-Negro é o líder do Campeonato Brasileiro com 55 pontos, oito à frente de Santos e Palmeiras, segundo e terceiro colocados respectivamente.

 
 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte