Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Estamos conseguindo nos recuperar financeiramente, afirma governador
Mauro Mendes deu entrevista ao programa Resumo do Dia e ressaltou medidas econômicas adotadas pela atual gestão
13:27   16 de Outubro, 2019
bb0b660cdd498bb57b57021c1d4b2d82.jpg
Foto: Mayke Toscano Secom-MT

Laice Souza
Secom-MT

O governador Mauro Mendes afirmou que o Estado começa a “colher os frutos” de todas as medidas que foram adotadas ao longo deste ano, pela atual gestão, que tiveram como foco reduzir despesas, aumentar a arrecadação e otimizar o serviço público. 
Um dos exemplos citados pelo governador, durante entrevista ao programa Resumo do Dia, foi o pagamento de dívidas contraídas pelo Estado em administrações passadas, que compõe os restos a pagar. “Nós já pagamos quase R$ 1,5 bilhão de dívidas anteriores a 2019, contraídas por outras gestões”, disse, acrescentando que somente com as despesas da Saúde já foram quitados R$ 400 milhões.
Além de pagar as despesas passadas, a atual gestão tem mantido em dia o custeio das despesas feitas em 2019. “Na saúde, o Estado está pagando literalmente em dia as despesas deste ano. Os prefeitos do interior agradecem muito porque os pagamentos passaram a ser feitos em dia”, ressaltou.
Mauro Mendes reforçou ainda que a gestão de cada centavo está sendo feita com foco na melhoria da prestação de serviço ao cidadão.
Um dos questionamentos feito pelo apresentador Roberto França foi em relação aos servidores públicos. O governador destacou que o reflexo positivo das ações também será sentido por eles. “Nesse mês de outubro começamos a pagar em duas parcelas o salário dos servidores e não mais em três. Isso mostra claramente que estamos conseguindo nos recuperar e a expectativa é que em dezembro possamos pagar em uma parcela só. É a grande meta do governo”, frisou.

Mauro Mendes também lembrou que a gestão está trabalhando muito para pagar as despesas de pessoal e que o foco é "pagar o 13º salário dos servidores”.

Obras - O programa também abordou as mais de 100 obras de infraestrutura que já foram retomadas e que estão em ritmo acelerado. Boa parte dessas obras é tocada com recursos do Fundo de Transporte e Habitação (Fethab). Somente na região de Cuiabá são 16 obras e, após a retomada, “nenhuma paralisou por falta de pagamento”.
Além das obras de infraestrutura, também foram retomadas obras da Educação, como reforma e construção de novas escolas, quadra esportivas e climatização de ambientes escolares. O valor em obras retomadas supera R$ 80 milhões.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte