Jornal MT Norte
Publicidade
'Argentina escolheu mal', diz Bolsonaro sobre novo presidente
Mesmo dizendo que não vai se indispor e pedindo 'tempo para ver qual é a real posição de Alberto Fernández na política', Bolsonaro disse que não vai parabenizar o mandatário
11:50   28 de Outubro, 2019
7861c19b88d5781ae86497db7c78054a.jpg

Por iG

 

Após uma série de declarações e ameaças sobre as eleições da Argentina com a possível vitória da chapa Fernández e Kirchner, o presidente Jair Bolsonaro lamentou a vitória do candidato de esquerda no país vizinho na manhã desta segunda-feira (28).

Na saída do hotel em que está hospedado na Arábia Saudita, o presidente disse que, apesar de não ter “bola de cristal”, o povo da Argentina “escolheu mal”.

Mesmo dizendo que não vai se indispor e pedindo "tempo para ver qual é a real posição de Fernández na política", Bolsonaro disse que não vai parabenizar o novo presidente.

Menos de uma semana após ameaçar isolar a Argentina no Mercosul caso Macri perdesse as eleições, o presidente garantiu que "continua tudo bem com o Mercosul". Em clima de morde e assopra, porém, ele também falou sobre as incertezas das eleições do Uruguai, que irão para segundo turno. 

Bolsonaro disse que, a depender do resultado, pode se juntar com o Uruguai e Paraguai para pedir a suspensão da Argentina. "A gente espera que isso não seja necessário", garantiu. Ele contou, também, que “ouviu falar que muita gente vai tirar dinheiro de lá”. 


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte