Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Presidente diz que cedeu caminhão para o município e está sofrendo perseguição política
Emerson Machado disse que seu caminhão foi usado para buscar um trator que a prefeitura havia ganhado
14:06   06 de Novembro, 2019
5ca0984ed9b4c130dc9f2149f036da2c.jpg

José Vieira do Nascimento
Editor Mato Grosso do Norte

O presidente da Câmara Municipal de Alta Floresta, Emerson Machado (MDB), durante a sessão desta terça-feira, fez uma justificativa sobre um vídeo de um caminhão Mercedes amarelo, que aparece tendo os pneus velhos trocados por novos no pátio da secretaria de obras da prefeitura municipal. O parlamentar também fez a gravação de um áudio para, segundo ele, explicar o que está acontecendo.
Emerson atribui o vídeo a perseguição política. “Para falar e inventar calúnias, tem muito. Ainda mais depois que eu lancei meu nome pré-candidato prefeito, estou saindo bem nas pesquisas e ai virou um inferno”, protestou o vereador.  
O vereador reconhece que o caminhão é seu, mas disse que o cedeu na época da seca para a prefeitura molhar as ruas. 
“Tinha muita poeira nos bairros. O prefeito Asiel me chamou e disse para eu ajudar, já que o veículo estava parado e a prefeitura não tinha condições de locar caminhões pipas para molhar as ruas. Ele disse: empresta que vamos colocar um tanque e atender a três bairros. E eu cedi”, assegura Emerson.
Segundo o parlamentar, foi feito um termo de uso com o documento do caminhão e sua carteira de habilitação. 
“Eu sabia que iria dar problema. Falei para comunicar o Ministério Público que eu estava cedendo o caminhão de forma voluntária”, disse.
Ele relembra que estava viajando e foi comunicado pelo diretor de Gestão da prefeitura de Alta Floresta, Claudinei Jesus, que a prefeitura tinha ganho um trator de esteira, que estava a 800 quilômetros de Alta Floresta,  que o frete custava R$ 20 mil e que precisava buscar a máquina.
“Eu falei que tinha cedido o caminhão para molhar as ruas, mas o Claudinei disse que um processo iria demorar e precisava buscar o esteira, pois o município precisava muito. O caminhão foi e voltou sem dar problemas, mas três pneus estouraram por causa das pedras e os que não estouraram, gastaram também nas pedras [a estrada era de chão]. Mas o secretário falou para mim ficar tranquilo, porque havia um temos e a prefeitura iria entregar o caminhão do jeito que ele estava antes. Meu caminhão estava com pneus seminovos, não era recapado. Eles vão devolver o caminhão do jeito que pegaram”, renfatizou.

“Vem um cara e faz um vídeo deste para denigrir a minha imagem. Porque que ele não foi lá e fez um vídeo diferente, agradecendo o vereador Emerson que cedeu seu caminhão para buscar um trator esteira a 800 quilômetros, e senão fosse ele o município não teria o trator. E não precisa pagar mais locação de R$ 50 mil por mês, porque tem um esteira. Estourou os pneus, mas o município vai dar outro e ele não vai ter prejuízo?”, questionou. “Isto ele não faz! Eu só tenho ajudado o município. Já pedi para o prefeito, o secretário e o motorista do caminhão gravarem um vídeo. Quem não deve não teme!”, acrescenta.  

“Colocar o pneu é mais do que justo. E falei para o prefeito que vou continuar ajudando o município. Se precisar do caminhão, pode usar. Fale as hienas ou não, eu quero ajudar. Deixa os abutres falarem, estou com a consciência tranquila”, completou Emerson.  
O vídeo foi gravado por funcionário do município. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte