Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Fla dá aula de futebol e vence o Palmeiras
Mesmo fora de casa e sem a presença da torcida, a equipe rubro-negra mostrou superioridade e não deu chances para o Alviverde
14:05   02 de Dezembro, 2019
309444322fba4b1970406d2bfa40408e.jpg
Foto: Alexandre Vidal | Flamengo

Globo Esporte. Com 

Uma atuação do tamanho da diferença entre Flamengo e Palmeiras em 2019.  Em mais uma aula de futebol do time de Jorge Jesus, o Rubro-Negro não quis saber de apenas cumprir tabela e bateu por 3 a 1 o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro em pleno Allianz Parque, com um gol de Arrascaeta e dois de Gabigol — Matheus Fernandes descontou. Ficou até barato.
Para a festa ficar completa, só faltou a presença de rubro-negros no estádio, vetada pela Polícia Militar e o Ministério Público de São Paulo. Durante o aquecimento, os jogadores, num ato simbólico, acenaram em direção ao setor onde estariam os torcedores do Flamengo, e coube a eles calar os mais de 20 mil palmeirenses presentes, com direito a trenzinho na comemoração. 
Mesmo fora de casa e com sua torcida vetada por uma decisão do MP-SP, o Rubro-Negro dominou completamente a partida e não precisou se esforçar muito para conseguir o resultado. Campeão desde o domingo passado, o Flamengo segue quebrando recordes. Após conseguir a maior pontuação da era de pontos corridos, o Rubro-Negro chegou a 80 gols e passou a ter o melhor ataque desde que a competição passou a ter 20 clubes em 2006. Gabigol também se tornou o maior goleador em uma edição, neste período. Foi a primeira vez que Flamengo venceu na Arena Palmeiras.
A superioridade do Rubro-Negro era flagrante, enquanto o adversário, pressionado pela torcida, parecia nervoso. Jailson ainda evitou que Vitinho, de cabeça, e Gabigol aumentassem a vantagem. Mas, aos 31, Rafinha lançou Arrascaeta dentro da área, e, retribuindo a gentileza do primeiro gol, o uruguaio de um lindo passe para o camisa 9 ampliar o marcador.

Mal começou o segundo tempo e o massacre continuou, mesmo sem Bruno Henrique, que deu lugar a Diego por causa de dores na coxa direita. O zagueiro Vitor Hugo tentou sair jogando e foi bloqueado por Gerson dentro da área. A bola sobre para Gabigol encher o pé e marcar o seu segundo gol na partida e o 24º no Campeonato Brasileiro, tornando-se o maior artilheiro de uma edição por pontos corridos.

Poupando-se para o restante da temporada  afinal, o Mundial de Clubes está por vir, o Flamengo relaxou e permitiu que o Palmeiras dominasse as ações. Depois de duas bolas na trave e um gol anulado, Matheus Fernandes diminuiu ao completar cruzamente de Dudu. Nada que colocasse o trinfo sob risco. Os rubro-negros não puderam comemorar no Allianz Parque, mas teve festa na favela.
Suspenso contra o Ceará, Gabigol não jogava desde a decisão da Libertadores, quando marcou dois gols na histórica virada do Flamengo. O reecontro com a bola foi no seu melhor estilo, novamente dois gols. O feito neste domingo o garantiu um novo recorde. O atacante superou Jonas (2010) e Borges (2011) e se tornou o maior goleador em uma edição de Brasileiro na era de pontos corridos, desde que a competição passou a ter 20 clubes, em 2020.
 Por outro lado, o clima para o torcedor do Palmeiras foi melancólico. Quem foi ao estádio vaiou o time e o técnico Mano Menezes. Além das vaiais, uma cadeira foi arremessada no gramado.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte