Jornal MT Norte
Publicidade
06 de dezembro Dia do Madeireiro | O verdadeiro guardião da floresta
O Sindicato dos Madeireiros do Extremo Norte de Mato Grosso – SIMENORTE parabeniza seus associados e todos os empresários e colaboradores das Indústrias de Base Florestal
14:02   06 de Dezembro, 2019
eeb074eb05cc25482806f34c752979c4.jpg

No dia 06 de dezembro, comemora-se o Dia do Madeireiro, o verdadeiro guardião da floresta. O Sindicato dos Madeireiros do Extremo Norte de Mato Grosso - SIMENORTE, que comemorou esse ano, 22 anos de atuação no município de Alta Floresta, dando suporte ao setor de Base Florestal no extremo Norte do Estado, tem a honra de parabenizar as Indústrias Madeireiras do Estado de Mato Grosso.
Historicamente a atividade madeireira remonta à antiguidade, como fonte de trabalho e reprodução humana, sendo de vital importância para o desenvolvimento das civilizações. O uso e a exploração da madeira foram à base para a edificação de várias sociedades antigas.
A atividade tornou-se o principal mecanismo de ocupação e desenvolvimento das regiões Centro Oeste e Norte do país a partir de 1970. Até hoje a madeira oriunda de florestas naturais continua sendo uma das principais fontes de arrecadação de recursos e de geração de empregos em muitos municípios no Estado.
O Madeireiro trabalha com o Manejo Florestal Sustentável, ajudando a administrar a floresta para obtenção de benefícios econômicos, sociais e ambientais, respeitando os mecanismos de sustentação do ecossistema. Contribui para a geração de empregos e manutenção do equilíbrio financeiro do Estado. 

Com aproximadamente 60 associados, o SIMENORTE através das Indústrias filiadas, tem gerado emprego para 1.600 colaboradores na região do extremo Norte, fora do período de safra. Esse número aumenta na época de seca, momento em que as indústrias estão no auge da produção. Os municípios que abrangem a base do SIMENORTE são: Alta Floresta, Carlinda, Paranaíta, Nova Bandeirantes, Apiacás e Nova Monte Verde.

A responsabilidade socioambiental está em conjunto com todas as atividades das Indústrias de Base Florestal. Respeitam o meio ambiente e tem como principal objetivo a sustentabilidade. 
O setor de Base Florestal busca um novo olhar das políticas públicas. Um fortalecimento ainda maior das indústrias como agente de conservação da biodiversidade regional e como fomentador de riquezas. 
Não há como pensar no desenvolvimento do Brasil sem a valorização do empreendedor florestal.
O SIMENORTE, em nome do Presidente Ednei Blasius, do vice-presidente Frank Rogieri de Souza Almeida e os membros da Diretoria, agradecem aos apoiadores dos madeireiros e aos principais órgãos e instituições que dão suporte ao setor como: o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso - CIPEM, a Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso - FIEMT, a Confederação Nacional das Indústrias – CNI, ao Fórum Nacional de Atividade de Base Florestal – FNBF, ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente - SEMA, e demais outros. 
“Parabéns, Madeireiro. Quando se trabalha com uma verdadeira equipe, não há obstáculo que não seja superado nem sucesso que não seja alcançado.”


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte