Jornal MT Norte
Publicidade
Goleiro Bruno pode vestir camisa do Operário de Várzea Grande neste ano
14:51   06 de Janeiro, 2020
334855b3491a780149bacd7efd3d8a8e.jpg

Foto/ Arquivo Hoje em Dia

Goleiro Bruno Fernandes, condenado a mais de 20 anos pelo sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da ex-companheira, a modelo Eliza Samudio, pode vestir a camisa do Clube Esportivo Operário Várzea-Grandense na temporada de 2020. Contrato ainda não foi assinado, mas a negociação está sendo finalizada.

Desde a última semana, a especulação era de que um time de Mato Grosso estava sondando o goleiro, que já atuou no Flamengo. A princípio, a informação era de que o Cuiabá Esporte Clube estava na jogada, o que foi negado pela diretoria do time. 

Mas, desde a última sexta-feira (3), membros da direção do Operário estão assumindo a possibilidade de Bruno defender o time na temporada de 2020. O goleiro é disputado ainda pelo Tupi (MG) e Fluminense de Santana (BA). 

Em entrevista ao R7, advogada Mariana Migliorini, que defende o jogador, afirmou que apesar de ele cumprir pena no semiaberto em Varginha (MG), não tem problema a mudança de estado. 

“O ideal seria que ele trabalhasse aqui, mas Varginha, infelizmente, não tem muito campo de trabalho. Então, que seja um time que o acolha bem, com salário bom e  com boa proposta de crescimento”. (Gazeta Digital)

 


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte