Jornal MT Norte
Publicidade
PERFIL: Amor desmedido
Em “Amor Sem Igual”, Michelle Batista vive triângulo amoroso como a passional Maria Antônia
11:54   03 de Fevereiro, 2020
6456eb12526d46bfd92a79c618fb2116.jpg

por Caroline Borges

TV Press

Na televisão tudo pode mudar em poucos instantes. Michelle Batista que o diga. De folga das novelas desde o fim de “O Rico e Lázaro”, que foi exibida em 2017, a atriz não tinha planos para voltar ao ar. Por isso mesmo, curtia férias em família em Nova Iorque. O passeio, no entanto, foi interrompido por um repentino convite da Record para interpretar a passional Maria Antônia em “Amor Sem Igual”. “Não estava esperando o convite, mas voltei correndo. Era uma oportunidade incrível e uma personagem maravilhosa, cheia de altos e baixos. Sabia que era uma chance riquíssima para meu repertório como atriz”, valoriza.

Na história escrita por Cristianne Fridman, Maria Antônia é a grande rival de Angélica, protagonista vivida por Day Mesquita, que também é conhecida como Poderosa. As duas brigam pelo amor de Miguel, papel de Rafael Sardão. Filha caçula de Oxente e Zenaide, interpretados por Ernani Moraes e Andréa Avancini, Maria Antônia sofre de transtorno de bipolaridade. Os sintomas da doença se agravam com a chegada da prostituta na vida de Miguel. “A Maria Antônia é extremista. Ela não é uma pessoa má ou vilã, mas sim uma pessoa desmedida e tem dificuldades de lidar com a rejeição. A Maria Antônia pode até virar uma vilã por rivalizar com a protagonista, mas não é uma vilã clássica. A bipolaridade faz com que ela tenha atitudes extremas. Na verdade, a personagem é até bem-humorada, divertida e engraçada”, defende.

Para mergulhar na questão da bipolaridade, principal característica da personagem, Michelle buscou referências em pessoas próximas. “Uma pessoa da minha família tem bipolaridade. A vida real é sempre uma grande referência. É bom observar o que está a nossa volta. A questão da Maria Antonia é mais complexa porque não há um diagnóstico fechado. Eu sei que ela tem bipolaridade porque a autora me contou. Mas, dentro do enredo, a família dela não desconfia. Acham que ela é uma pessoa geniosa ou difícil de lidar”, ressalta. Além de exemplos pessoais, Michelle também pesquisou em livros e séries, como “Modern Love”. Em um dos episódios da produção, a personagem de Anne Hathaway aborda a temática. “Li um livro mais técnico sobre o assunto, mas também li uma história de uma pessoa contando como ela fez para lidar com a bipolaridade no seu dia a dia”, lembra.

Aos 33 anos, Michelle é irmã gêmea da também atriz Giselle Batista. Apesar de terem realizado diversos trabalhos juntas no vídeo, as duas começaram a trilhar trajetórias separadas há alguns anos. No entanto, Giselle garante que as duas se reúnem para projetos especiais e específicos quando necessários. “A gente adora fazer coisas juntas, mas é tipo cometa (risos). Passou e, na próxima oportunidade incrível, a gente faz de novo. Minha irmã é minha melhor amiga, adoro trabalhar com ela. Temos um canal no Youtube juntas e fazemos alguns trabalhos de moda juntas também”, aponta.

 

Amor Sem Igual” - Record - de segunda a sexta, às 20h30.

 

Divisor de águas

Em “Amor Sem Igual”, a personagem de Michelle Batista é uma das críticas da profissão de Poderosa, de Day Mesquita. No entanto, entre os anos de 2013 e 2018, a atriz interpretou a prostituta Magali, uma das protagonistas de “O Negócio”, da HBO. A série retratava o universo da prostituição de luxo. “Sempre falam de ‘O Negócio’ comigo e já faz quase um ano que terminou. A série foi um marco na minha vida. Hoje, estou do outro lado, sou contra. Virei a casaca (risos)”, brinca.

A trama de “O Negócio” ficou no ar por cinco anos. Além do sucesso na tevê fechada brasileira, a série também teve boa repercussão fora do Brasil, sendo exibida em mais de 50 países da América Latina e Europa, além dos Estados Unidos. “Foi uma série pioneira. Era uma época em que poucas séries eram produzidas e, principalmente, exportadas. A temática também apresentava mulheres empoderadas e feministas. Naquele período, esse tipo de assunto não era tão comentado. A série veio conversando com a atualidade, ganhando força”, valoriza.

Instantâneas

# Assim como a personagem Vivi Guedes, interpretada por Paolla Oliveira em “A Dona do Pedaço”, da Globo, Maria Antonia, papel de Michelle Batista em “Amor Sem Igual”, também conta com um perfil nas redes sociais: “@mariantoniacord”.

# Recentemente, Michelle Batista participou da série “Vítimas Digitais”, do GNT.

# Em “O Rico e Lázaro”, Michelle voltou a contracenar ao lado da irmã. Elas viveram as gêmeas Samira e Talita.

# O canal no Youtube “GiMi” conta com mais de 48 mil inscritos.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte