Jornal MT Norte
Publicidade
Aqui e agora
Manuela do Monte, a Fabiana de “Amor Sem Igual”, vibra com trabalho contemporâneo na Record
19:57   17 de Fevereiro, 2020
155fa5c1b314a04c65ac46b41feeb42e.jpg

por Caroline Borges/TV Press

Foto: Jorge Rodrigues Jorge/CZN

                Falar sobre o processo de composição de um personagem é uma tarefa complexa para Manuela do Monte. Tudo isso porque, a cada novo projeto, a atriz de 35 anos se depara com novas ferramentas, histórias e individualidades. Apesar de carregar uma extensa bagagem profissional, Manuela encara muitos métodos de construção do zero. “Nunca sei explicar com clareza sobre meus processos de criação, além de se darem de forma bastante intuitiva, cada personagem transita em um mundo diferente, me sugere seus próprios processos e, à medida que os capítulos vão chegando, me esclarecem cada vez mais sobre quem são”, explica a atriz, que vive a competente Fabiana em “Amor Sem Igual”, da Record. “No caso da Fabiana, busquei contato com amigos que trabalham na área de marketing para me inspirar e conhecer um pouco mais sobre esse universo”, completa.

         Na história de Cristianne Fridman, Fabiana é uma jovem bonita, competente e honesta. Trabalha na área de marketing e assessoria de imprensa da fictícia Brás Talentos Esportivos. Namorando o ambicioso e inescrupuloso Leandro, papel de Gabriel Gracindo, Fabiana sofre com as constantes traições do amado. “A Fabiana é mulher inteligente, solar e independente. Ela sofre uma certa resistência dos empresários mais antigos e conservadores da empresa aos seus projetos de marketing e prospecção de atletas. Apesar de não desconfiar do caráter do namorado, ela sofre com suas traições”, afirma.

         Antes de integrar o elenco de “Amor Sem Igual”, Manuela participou de duas produções bíblicas: a contemporânea “Apocalipse” e a épica “Jesus”. O convite para a trama assinada por Fridman surgiu logo após o folhetim escrito por Paula Richard. “Ao fim da novela ‘Jesus’, já haviam me sinalizado de que eu teria um período em férias, mas em breve, estaria de volta aos trabalhos. Então, a hora chegou e eu estou muito feliz com mais essa parceria com a Record”, vibra. A oportunidade para uma produção contemporânea foi bem-vinda por Manuela. A atriz desejava participar de uma trama que reunisse características diferentes dos seus últimos projetos.

         Natural de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, Manuela acumula mais de 15 anos de carreira. A estreia da atriz aconteceu na minissérie “A Casa das Sete Mulheres”. No entanto, seu primeiro grande trabalho foi como a protagonista Luísa na temporada 2003 de “Malhação”. Além de projetos na Globo e na Record, Manuela também acumula uma passagem pelo SBT, onde protagonizou o “remake” de “Chiquititas”. “Me sinto muito feliz e realizada pelo caminho trilhado até aqui. Tive belíssimas oportunidades em cada emissora por onde passei e pude aprender muito a cada trabalho. Analiso minha trajetória com balanço absolutamente positivo. Avante”, valoriza Manuela, que nunca pensou em desistir da carreira artística. “Já vivi períodos de ansiedade nas ditas ‘entressafras’, entre um trabalho e outro. Porém, nada que tivesse afetado meu apreço pela profissão que escolhi, sempre aprendi muito com todas as questões que a profissão traz”, completa.

 

Amor Sem Igual” - Record - de segunda a sexta, às 20h30.

 

 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte