Jornal MT Norte
Publicidade
Estados Unidos reabrem mercado para carne brasileira
Exportações estavam suspensas desde a malfadada e atrapalhada Operação Carne Fraca
13:43   24 de Fevereiro, 2020
106170036209ac881cd439c71aa25400.jpg

Assessoria

Ministério da Agricultura

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e o Serviço de Inspeção e Inocuidade Alimentar (FSIS) informaram na sexta-feira, 21 ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a abertura de mercado para carne bovina in natura do Brasil para os Estados Unidos.

O Brasil poderá começar a enviar produtos de carne bovina in natura derivados de animais abatidos a partir de hoje. No comunicado encaminhado ao Mapa, o FSIS disse que o Brasil corrigiu os problemas sistêmicos que levaram à suspensão e está restabelecendo a elegibilidade das exportações de carne bovina in natura para os Estados Unidos a partir de hoje. Além disso, o FSIS encerrará os casos pendentes de violação de pontos de entrada associado à suspensão de 2017.

Antes da primeira remessa, o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Mapa (Dipoa) deve enviar uma lista atualizada de estabelecimentos elegíveis certificados. 

As compras de cortes bovinos do Brasil foram suspensas pelos Estados Unidos em 2017, devido às reações (abcessos) provocadas no rebanho, pela vacina contra a febre aftosa, na esteira da atrapalhada Operação Carne Fraca, que, com estardalhaço desproporcional, causou um péssimo impacto para as exportações do país. 

“Mais um bom resultado para nossa economia. Reconhecimento da qualidade do produto brasileiro”, escreveu a ministra nas redes sociais. A liberação é fruto de uma série de negociações de Tereza Cristina pela ratificação da qualidade do produto brasileiro. Autoridades americanas fizeram inspeções em frigoríficos brasileiros para confirmar que o produto não seria nocivo para os consumidores estadunidenses. 

 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte