Jornal MT Norte
Publicidade
Postura esportiva
No ar em “Salve-se Quem Puder”, Valentina Bulc vive rotina de atleta para interpretar uma ginasta
13:03   20 de Março, 2020
9dc57b3b7e29ad135009f188ae725fd0.jpg
Foto: CZN/JORGE RODRIGUES JORGE

por Caroline Borges

TV Press

Aos 20 anos, Valentina Bulc tem certeza do caminho artístico que deseja trilhar profissionalmente. Ainda assim, a partir de seu trabalho em “Salve-se Quem Puder”, a atriz teve a oportunidade de conhecer um novo universo profissional. Para viver a ginasta Bia, ela precisou passar por um intenso período de treinos com atletas profissionais. Ao longo de três meses, Valentina aprendeu alguns movimentos e técnicas da ginástica olímpica. “Fiquei muito encantada por esse mundo. Os atletas profissionais que treinavam com a gente tinham começado no esporte muito crianças. Minha dublê, por exemplo, começou com três anos. Nesse tempo já melhorei muito minha flexibilidade, aprendi a dar mortal na cama elástica. Antes, eu não sabia dar nem estrela, tinha certo medo de me machucar”, explica Valentina, que treinava de duas a três vezes na semana. “A preparadora sabia nosso limite. Mas só o aquecimento já era intenso. O treino da ginástica é muito diferente do treino da academia. Outros músculos são trabalhados”, completa.

A preparação na novela, inclusive, fez com que Valentina voltasse à academia. Logo que soube que viveria uma ginasta, a atriz buscou retomar sua rotina de exercícios físicos e procurou o acompanhamento de um nutrólogo. “Eu precisava ter um corpo de ginasta no vídeo. Passei a malhar pesado e ir todos os dias. E tomei gosto. Agora estou amando malhar. Senti uma diferença absurda no corpo. Me sinto mais firme e comecei a emagrecer”, afirma.

Na história de Daniel Ortiz, Valentina é filha de Agnes, papel de Carolina Kasting, e irmã da protagonista Kyra/Cleyde, interpretada por Vitória Strada. A jovem é uma ginasta promissora, mas foi obrigada a abandonar o esporte após ter problemas no coração e colocar um marca-passo. Mesmo sabendo dos riscos que corre, Bia retoma os treinos sem o conhecimento da família. “A Bia é uma garota autêntica e muito entusiasmada com a vida. A ginástica é a razão da vida. Ela tem o sonho de competir e ser uma atleta de excelência. Ela tem noção do risco que corre, mas, para a Bia, a vida sem a ginástica não vale a pena. Melhor correr o risco do que viver uma vida monótona. É um amor muito grande pela ginástica”, defende. No centro de treinamento, Bia conhece Tarantino, de Daniel Rangel. Os dois acabam se apaixonando, mas precisam lidar com a interferência de Tammy, vivida por Lívia Inhudes. Ginasta rival de Bia, ela já teve um rápido relacionamento com Tarantino e não se conforma com a preferência dele pela filha de Agnes. “No romance, a Bia é mais tímida, insegura e tem medo de se apaixonar. Acho que é o único aspecto que ela não é decidida. Ainda assim, ela não gosta de sofrer na frente dos outros e nem se faz de vítima”, ressalta.

A trama de “Salve-se Quem Puder” é a quarta novela de Valentina. Antes, ela participou da temporada 2016 de “Malhação”, “O Outro Lado do Paraíso” e também integrou o elenco da bíblica “Jesus”, da Record. Após terminar um relacionamento de quase três anos, a atriz está feliz com os rumos de sua vida profissional. “Tem um pouco mais de três meses que fiquei sozinha. Estou muito focada no meu trabalho. Posso ter 100% do meu foco na novela. A entrega é apenas profissional nesse momento. Estou bem feliz com esse projeto. Até chorei quando fui chamada”, revela.

Salve-se Quem Puder” – de segunda a sábado, às 19h20, na Globo.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte