Jornal MT Norte
Publicidade
Covid-19 avança nas cidades da região
Paciente com suspeita da doença morreu nesta quinta-feira no hospital regional de Alta Floresta
13:05   22 de Maio, 2020
07b292390ad3a9a2608455763faa76f9.jpg

José Vieira do Nascimento
Editor Mato Grosso do Norte

A pandemia do coronavírus começa a se alastrar em praticamente todos os municípios da região norte de Mato Grosso. Todas as cidades consideradas polos, já há registros de casos da doença. As cidades de Lucas, Sinop e Sorriso lideram as estatísticas, com 41, 32 e 31 casos, respectivamente, até no boletim de quinta-feira, 21. 
Na sequência, vem Peixoto de Azevedo que registrou 21 casos. A situação de Peixoto de Azevedo é considerada bastante crítica, pela quantidade de casos notificados. Dos pacientes notificados em Peixoto, a secretaria de Saúde do Município, afirma que 14 já se recuperam, um se encontra internado e 6 pacientes estão em isolamento.
Em Alta Floresta, que até nesta quinta-feira havia 12 casos confirmados, o clima é de bastante apreensão com a morte de um paciente de 70 anos, um presidiário que manteve contato com pessoas que testaram positivo para o covid-19. 
Ele faleceu nesta quinta-feira e estava internado no hospital Regional, Albert Sabin, com suspeita da doença e estava na ala reservada à paciente de coronavírus. Seu caixão foi lacrado e ele foi enterrado sem ser velado por familiares. 
No entanto, o secretário Municipal de Saúde, Marcelo Costa, minimizou a situação. Afirmou que ele fez o teste de covid-19, mas o resultado ainda não retornou de Cuiabá para Alta Floresta. Portanto, ainda não há confirmação. Porém, ama fonte de Mato Grosso do Norte, que pediu para não ter o nome revelado, disse que o paciente, apesar de ainda não ter confirmação, apresentava sinais evidentes de coronavírus. 
Em Alta Floresta, além dos 12 confirmados, há 32 casos suspeitos. Até agora, apenas dois pacientes se recuperaram e 7 casos estão em confinamento. 
Matupa- A cidade de Matupá confirmou 4 casos no boletim da secretaria estadual de Saúde de quarta-feira, 20. Porém, 6 casos continuam como suspeitos. O prefeito Valter Miotto (MDB) afirma que a população de Matupá está de parabéns, porque está se cuidando com as prevenções para evitar o contágio da doença, seguindo os protocolos da Organização Mundial de Saúde.

As pessoas infectadas são um casal jovem e a filha de 7 anos e uma senhora de 36. Segundo o prefeito, a contaminação ocorreu em Guarantã do Norte, onde mora a avó da menina, que havia testado positivo para o covid-19. Todos estão em isolamento em suas casas. 

“A gente sabia que uma hora iria chegar. Mas não é para ninguém se apavorar! Quero pedir a população que só saia de casa quem realmente precisar trabalhar. E quem precisar sair de casa, que tome os cuidados de higiene necessários. Se cuidem mais do que já vinham se cuidando!”, acentua Valter Miotto.
Se a situação se agravar, o prefeito de Matupá não descarta adotar medidas rígidas de prevenção para evitar o avanço da pandemia.
Outras cidades da região com registros de casos, são Carlinda, 1, Guarantã do Norte, 3, Cotriguaçu,2, Nova Monte Verde, 1, Nova Mundo, 1, e Colíder, 1. 
Números no Estado  Em Mato Grosso, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira, 21, 1.187 casos confirmados da Covid-19, sendo registrados 34 óbitos em decorrência do coronavírus. 
Os últimos dois óbitos foram notificados pelos municípios de São Pedro da Cipa e Várzea Grande. De acordo com o Boletim Informativo da SES, 626 pacientes estão em isolamento domiciliar, 99 hospitalizados e 428 já se recuperaram. 


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte