Jornal MT Norte
Publicidade
Unemat entrega carta aberta ao prefeito e recomenda isolamento social
Análise feita pela Unemat faz projeção exponencial da covid-19 em Alta Floresta
13:37   29 de Maio, 2020
453c725916096606e628b846bd7b63d6.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte 

A Diretora política, pedagógica e financeira (DPPF) da Unemat, Câmpus de Alta Floresta Professora Dra. Ivone Vieira da Silva, realizou a entrega da carta aberta às autoridades municipais, referente ao Covid-19, na quarta-feira, 27, mostrando a preocupação da instituição com os possíveis avanços da pandemia.
No gabinete do prefeito municipal Asiel Bezerra fez a entrega em mãos do documento. O prefeito deu todo apoio com relação a iniciativa que a Unemat/Alta Floresta adotou, contribuindo significativamente com relação ao momento atual, da Covid-19 e o desdobramento dos casos que está em crescente no município.
A diretora observa que a Universidade tem conhecimento suficiente para contribuir e ajudar o poder público, a tomar medidas de precauções com base em dados científicos.  
Em um dos trechos, a carta estima que poderá haver um crescimento exponencial de casos de covid-19 em Alta Floresta. 
“Observamos que do dia 18 a 23 de maio, o número de casos praticamente duplicou no município, passando de 9 para 17 confirmações. Se essa duplicação a cada 5 dias se confirmar com tendência, poderemos chegar no dia 27 de julho a cerca de 2. 176 casos, com 26% dos doentes demandando internação”. 
Ivone Vieira disse que esta avaliação foi feita com base em estudos com dados científicos, feitos em outros países. Para ela, os casos tendem a aumentar e a cidade está em uma curva acentuada. E orienta a população a se manter em isolamento social nos próximos 15 dias. 
“Usar máscara, álcool gel e lavar as mãos é importante, mas temos que entender que não é suficiente”, disse. 
De acordo com ela, a Unemat irá fazer uma campanha de conscientização, com distribuição de panfletos, com o objetivo de levar conscientização a população.   
“Todas as ações referentes ao Covid-19 devem pautar pelo cuidado a vida e, portanto, ressaltamos conforme na Carta aberta que faz-se necessário interromper, nas próximas duas semanas, o ritmo de contaminação no município, e para tanto, é preciso enrijecer o controle sobre a circulação e a aglomeração de pessoas”. 

“Recomendamos, neste sentido, que seja permitido somente a abertura de estabelecimentos comerciais que prestam serviços essenciais à população, restringindo a circulação em feiras, igrejas e outros ambientes que promovem aglomeração, mesmo quando são respeitados o distanciamento físico e uso de máscaras”. 

“É nossa missão, como instituição pública de ensino, subsidiar a tomada de decisão, por parte da gestão pública e informar a população, com base em conhecimento científico, sobre o eminente aumento dos riscos de infecção e adoecimento, que podem evoluir ao óbito, se não houver atendimento adequado. E neste momento o isolamento social é o mais recomendável”, disse. (informações da assessoria)


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte