Jornal MT Norte
Publicidade
Paranaíta com risco alto de contaminação
10:06   15 de Julho, 2020
0c2fad014732a394daaadc445e1763e1.jpg

Reportagem
Mato Grosso do Norte

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso continua grave, com alto risco de contaminação em diversos municípios. Na região norte, Sinop, Peixoto de Azevedo, Colíder estão risco muito alto de contaminação.
Já os municípios que estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus são no extremo norte, são Novo Mundo, Itaúba, Paranaíta, Nortelândia, Nova Guarita, Apiacás e Cotriguaçu.
O município de Guarantã do Norte, no levantamento do governo desta segunda-feira, deixou a zona de risco alto e está no nível de risco moderado. 
Paranaíta- Em Paranaíta, o panorama do coronavírus se agravou e o números de casos no município vem avançando nos últimos dias. A situação no município e grave e preocupa as autoridades locais. São 39 casos confirmados de convid-19, sendo que destes, 31 ainda estão ativos, 8 já recuperados. No entanto, um dos motivos de preocupação, é que a cidade tem 101 casos suspeitos, o que significa que o número de casos confirmados da doença pode dobrar nos próximos dias. 
Entre as pessoas que estão contaminadas em Paranaíta, até na noite de segunda-feira, 13, 10 estavam internadas, sendo que duas delas em estado grave, em UTI. 
Alta Floresta - em Alta Floresta, nos últimos dias saiu de 209 casos confirmados para 244, de acordo com o boletim divulgado nesta terça-feira, 13, pela secretaria municipal de Saúde. Destes, 35 pacientes ainda estão com a doença e 203 se recuperaram. Porém, registra 207 casos suspeitos, o que aumenta a probabilidade de haver um crescimento exponencial de coronavírus no município. 
A ocupação no hospital regional de Alta Floresta, nos leitos destinados a pacientes com covid-19, registrou o índice mais alto desde o registro da pandemia. Dos 14 leitos equipados com respiradores, 9 estavam ocupados na segunda-feira, 13. Dois pacientes em estado grave, aguardam a liberação de leitos de UTI para serem transferidos para Cuiabá. 
No entanto, 8 pacientes [até na noite de segunda-feira] estavam internados com coronavírus em um hospital particular, número que baixou para 5, ontem. E pelo menos um destes pacientes, também aguarda vaga para ser transferido. Mesmo paciente estando em hospital privado, ele pode ser encaminhado para leitos do SUS.  
UTIs- O secretário de Saúde do município de Alta Floresta, Marcelo Costa, voltou a afirmar que a assinatura do contrato entre o município de Alta Floresta e o Hospital Santa Rita, para disponibilizar 10 leitos de UTI e 10 leitos clínicos para pacientes com covid-19, deve acorrer nesta semana. 
“Estamos correndo contra o tempo. De uma semana não passa a assinatura do contrato. Temos que seguir as normas do processo licitatório para o credenciamento e para habilitar os leitos no hospital Santa Rita”, informou o secretário. 


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte