Jornal MT Norte
Publicidade
Mais
09:44   04 de Novembro, 2020

JUSTIFICATIVA
Conforme informações obtidas por esta coluna, a assessoria jurídica da Câmara Municipal entrou com um recurso para tentar derrubar a decisão judicial. Já o vereador   Dida Pires, candidato a prefeito, disse que os vereadores haviam entrado com o requerimento do pagamento da verba indenizatória antes de sair a decisão judicial. Sobre o benefício, o parlamentar justifica que: “Os deputados recebem, o Ministério Público recebe e o Judiciário também recebe”. 

 


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte