Jornal MT Norte
Publicidade
Mais
10:03   24 de Fevereiro, 2021

NO TCE
Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que estavam há 3 anos afastados por decisão do Supremo, acusados de, supostamente, receberem propina do ex-governador Silval Barbosa, estão retornando para seus cargos. Todos se dizem inocentes. José Carlos Novelli, que retornou na segunda-feira, foi recebido com festa pelos servidores do TCE. Outro conselheiro que retornou por decisão judicial é Antônio Joaquim. Ele diz que foi vítima de uma trama. Silval Barbosa afirmou em sua deleção, que teria pago R$ 53 milhões em propina para os conselheiros. 

 


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte