Jornal MT Norte
Publicidade
Arrecadação com concessão florestal cresce 60% em 2020
09:45   08 de Março, 2021

Assessoria
Mapa

As concessões florestais do Governo Federal arrecadaram R$102 milhões até fevereiro deste ano. O montante considera a soma de todos os pagamentos recebidos das empresas concessionárias desde o início do programa, em 2010, e se refere aos 15 contratos ativos. O programa é coordenado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), que é vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).
O ano de 2020 obteve o melhor resultado até o momento, com quase R$ 28 milhões de arrecadação. Esse valor representa um aumento de quase 60% em relação a 2019. Segundo do diretor de Concessão Florestal e Monitoramento do SFB, Paulo Carneiro, os elevados valores de arrecadação em 2020 são resultado de medidas adotadas para minimizar a inadimplência.
“Desde 2019, o Serviço Florestal Brasileiro vem desenvolvendo ações para a redução da inadimplência dos concessionários e para ter um maior acompanhamento dos pagamentos. Foram assinados termos de parcelamentos dos débitos existentes, o que permitiu aos concessionários retornarem às suas atividades normais resultando no aumento da produção e na recuperação dos recursos devidos”, afirmou Paulo Carneiro. 
Pagamentos- As empresas concessionárias fazem pagamentos trimestrais ao SFB, referentes à produção de madeira e demais produtos florestais. O valor do pagamento trimestral de madeira e material lenhoso depende do preço contratado e do montante produzido.
No momento da assinatura do contrato, é calculado o Valor de Referência do Contrato (VRC). O VRC é uma estimativa do valor da produção anual para a área contratada, baseado no preço da proposta vencedora.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte