Jornal MT Norte
Publicidade
AGRONEGÓCIO: Área agrícola de Mato Grosso cresce 50 mil km² de 2000 a 2018
A área agrícola de Mato Grosso passou de 68.581 km², em 2000, para 119.197 km², em 2018
09:45   22 de Março, 2021
da984be83cb4730e32d9a95e479721bd.jpg

Assessoria/ IBGE

Mato Grosso apresentou a maior alta absoluta de área agrícola (50.616 km²) e o segundo maior incremento de área de pastagem com manejo (45.449 km²) entre os estados brasileiros entre 2000 e 2018, de acordo com a pesquisa Monitoramento da Cobertura e Uso da Terra – Estatísticas desagregadas por unidade da federação (2000-2018).

No mesmo período, Mato Grosso teve uma redução de 17,05% (71.253 km²) da área de vegetação florestal e de 9,72% (22.653 km²) da área de vegetação campestre. Essas foram as segundas maiores reduções absolutas de área dessas classes de uso entre os estados brasileiros. O Pará foi o estado com a maior redução absoluta da área de vegetação florestal (116.086 km²) e o Tocantins o que teve a maior perda absoluta da área de vegetação campestre (24.354 km²). Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)

Mato Grosso possui território de 903.202,446 km², inserido nos Biomas Amazônia (57%), Cerrado (37%) e Pantanal (6%). As Classes de Uso e Cobertura da Terra que predominam no estado são: Vegetação Florestal, Vegetação Campestre e Pastagem com Manejo. Entre 2000 e 2018, destaca-se o avanço de áreas agrícolas e de pastagem com manejo sobre áreas de vegetação florestal e a substituição de áreas de pastagens por áreas agrícolas, sendo essa última transformação do território mais intensa a partir de 2012.

A área agrícola de Mato Grosso passou de 68.581 km², em 2000, para 119.197 km², em 2018. Já a pastagem com manejo aumentou de 144.104 km² para 189.553 km² no mesmo período. A área de vegetação florestal do estado caiu de 417.847 km² para 346.594 km² na mesma comparação. A área de vegetação campestre passou de 232.969 km² para 210.316 km².

Classe

2000

2010

2012

2014

2016

2018

Área Agrícola (km²)

68.581

91.435

95.877

108.528

113.609

119.197

Vegetação Florestal (km²)

417.847

366.027

357.252

352.562

349.490

346.594

Vegetação Campestre (km²)

232.969

216.963

215.174

212.844

212.249

210.316

Silvicultura (km²)

266

932

1.122

1.284

1.321

1.325

Pastagem com Manejo (km²)

144.104

189.527

194.891

191.122

188.060

189.553

De 2000 a 2018, Mato Grosso ficou em 10º lugar no ranking de expansão da área de silvicultura, com 1.059 km²: passou de 266 km², em 2000, para 1.325 km², em 2018.

 

Observando-se a dinâmica da transformação de vegetação florestal e campestre em Mato Grosso em cada período estudado, destaca-se, entre 2000 e 2010, o avanço de áreas de pastagem com manejo sobre a vegetação florestal (30.491 km²) e sobre a vegetação campestre (10.900 km²). Já entre 2010 e 2012, a ênfase foi nas conversões de vegetação florestal para mosaicos florestais (3.584 km²) e de vegetação campestre para pastagem com manejo (872 km²).

Entre 2012 e 2014, observa-se o avanço de áreas agrícolas sobre a vegetação florestal (2.460 km²) e sobre a vegetação campestre (1.364 km²). Entre 2014 e 2016, destacam-se as conversões de vegetação florestal para mosaicos florestais (2.387 km²) e de vegetação campestre para pastagem com manejo (270 km²). E, novamente, de 2016 a 2018, repete-se essa observação de conversões de vegetação florestal para mosaicos florestais (2.302 km²) e de vegetação campestre para pastagem com manejo (1.447 km²).

Em 2018, 17,93% da área agrícola e 16,85% da área de pastagem com manejo do Brasil encontravam-se em Mato Grosso, as maiores áreas dessas classes de uso entre os estados brasileiros.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte