Jornal MT Norte
Publicidade
Unidade de conservação na gleba São Benedito e rio Azul
Governo não pretende criar problemas para produtores, diz diretor do IDEFLOR
17:40   13 de Setembro, 2021
b997c47ab313fd3d60d268f5e05cc227.jpg

José Vieira do Nascimento
Mato Grosso do Norte

Foto-Thiago-Gomes-Agência

O diretor do IDEFLOR -bio [Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Bio Diversidade do Estado do Pará], Crisomar Lobato, sobre a matéria publicada por Mato Grosso do Norte na segunda-feira, 6 de setembro, fez alguns esclarecimentos sobre as informações.

Não há surpresa com relação a criação da Unidade, pois estamos mantendo contato com os moradores desde o ano passado

Segundo ele, não se trata de mais uma Unidade de Conservação, porque na Gleba não existe nenhuma Unidade de Conservação. Por outro lado, explica que o que acontecerá no dia 15 de setembro, não é uma audiência Pública. E sim, uma Consulta Pública que é o que prever o Sistema Nacional de Unidade de Conservação (SNUC).] E a Consulta não será realizada na pousada Thaimaçu, mas na escola Municipal Getúlio Vargas “B”, localizada na Gleba São Benedito, estrada Gerson Serafim, zona rural do município de Jacareacanga. 
Crisomar Lobato observa também que não há duas Glebas na área. “É apenas a Gleba São Benedito e rio Azul, inserida em dois municípios, que são Jacareacanga e Nova Progresso”.
 O diretor do IDEFLOR afirma que a criação da Unidade de Conservação não é uma surpresa, como afirmam produtores que tem propriedade na área. 
Segundo ele, o IDEFLOR- bio já fez duas expedições para a gleba de longa duração, oportunidade em que entrevistou moradores locais sobre o projeto, realizou reuniões com a Agrodito [associação de produtores] e com lideranças, tanto na forma presencial como remota.
“Já nos reunimos com o prefeito de Novo Progresso para discutir este tema e vem sendo discutido, via Watsap com várias lideranças locais. E também há um grupo de watsap por onde tudo é informado. Agendamos uma reunião no ano passado, mas por conta da pandemia foi desmarcada. Portanto, não há surpresa e todos da área sabem a respeito da criação da Unidade”, enfatiza Crisomar.
Ademais, conforme ele, as discussões serão aprofundadas na consulta a ser realizada no próximo dia 15. Também assegura que o governo paraense não pretende criar problemas para os produtores da região. 
“O IDEFLOR-bio já esteve conversando com os produtores rurais, não é intenção do Governo do Estado atrapalhar a produção, apenas propor uma gestão conjunta com os moradores locais para o Território, compatibilizando o desenvolvimento com sustentabilidade”, pontua.
“A UC será Refúgio de Vida Silvestre ao longo dos rios São Benedito e Azul com, aproximadamente, 40.300,00 hectares. O objetivo é a preservação da biodiversidade. E os produtores serão beneficiados com a governança da Unidade de Proteção do Estado”, garante.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte