Jornal MT Norte
Publicidade
PERFIL: Paixão verdadeira
Adriane Galisteu celebra momento positivo na carreira à frente de “A Fazenda”
10:10   01 de Outubro, 2021
eea2d43f5e9ee76067813f290fbb27ca.jpg

POR CAROLINE BORGES
TV PRESS

A tevê aberta sempre foi o grande “filão” de Adriane Galisteu. Não à toa, a apresentadora é pura felicidade ao emendar o término do “Power Couple Brasil” com a nova temporada de “A Fazenda”, da Record. Essa fase frutífera na tevê, no entanto, não foi tão comum nos últimos oito anos. Após quase uma década longe da apresentação, um de seus maiores prazeres diante das câmeras, Galisteu está empenhada em fazer valer as oportunidades que surgiram ao longo do ano de 2021. “Sou bicho de televisão, né? Não queria acreditar que estava fora daquilo que mais amo fazer: comunicar. Me vi sem chão de repente. Meu barato sempre foi televisão ao vivo. Essa é a minha gasolina”, explica a apresentadora paulistana, que buscou se manter ativa em outras áreas durante esse período controverso. “Me reinventei. Não parei e sempre insisti. Essa é a minha característica também. Fiz ‘Dança dos Famosos’, fiz novela, fiquei morena... Que venha 2022. Agora que segurei esse bichinho (microfone), não quero mais soltar”, completa.
Telespectadora antiga de “A Fazenda”, Galisteu conhece bem as regras e os detalhes do formato. Ainda assim, ela não perdeu tempo em se atualizar das novidades da temporada. A apresentadora tem mergulhado em uma rotina intensa de trabalho durante as gravações. Por isso, os momentos em família ao lado do marido Alexandre Iódice e do filho Vittorio estão bastante escassos. “Me despedi dos dois e falei que a gente se vê em dezembro. Vamos nos encontrar junto com o Papai Noel (risos). É puxado, mas é um trabalho muito gostoso. Acompanho tudo sobre ‘A Fazenda’ desde a edição de estreia. Fui em busca de criar um tom diferente, pensar nas minhas frases, na minha abertura de cada programa... A equipe tem me ajudado demais”, valoriza.
Em “A Fazenda”, Galisteu reencontra com boa parte da equipe com quem trabalhou no “Power Couple Brasil”. Ela volta a ser dirigida por Rodrigo Carelli, responsável pelo núcleo de realities da Record. Os dois, inclusive, trabalharam juntos na extinta MTV. “O Carelli me dirigiu no antigo ‘Quiz MTV’. Então, começamos juntos praticamente. Ele virou um expert em ‘realities’. Poucos sabem tanto quanto ele. Conseguimos encontrar uma relação bem legal entre a gente. O ‘Power’ foi o grande treino. Lá já tive dois diretores no meu ponto, o que foi algo inédito para mim”, relembra.
Ainda se ambientando ao programa, Galisteu já começou a fazer história no “reality”. Ela é a primeira mulher a comandar o formato no Brasil. Antes da apresentadora, a produção passou pelas mãos de Britto Junior, Roberto Justus e, mais recentemente, Marcos Mion. “É muito interessante ser a primeira mulher a assumir esse produto. É um programa que sempre esteve na voz masculina. O bom é que mulher repara em tudo. Bem, eu, pelo menos, gosto de reparar em tudo. Vou atrás de achar pelo em ovo”, defende.

 

“A Fazenda” – de segunda domingo, às 22h45, na Record.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte