Jornal MT Norte
Publicidade
VITRINE: Espelho mágico
Estreante em novelas, Alex Escobar interpreta a si mesmo e se diverte nos bastidores de “Quanto Mais Vida, Melhor!”
10:01   12 de Janeiro, 2022
2edc2adb30c2cab276da746f69f3b016.jpg

por Geraldo Bessa

TV Press

                Extrovertido e sem cerimônias, Alex Escobar é reconhecido como um dos destaques da programação esportiva da Globo. Porém, quando o assunto é televisão, ele foge de qualquer limitação. Em 2021, inclusive, ele acrescenta duas boas novidades ao seu currículo: além de substituir Tadeu Schmidt no bloco de esporte do “Fantástico”, o jornalista agora também está a serviço da teledramaturgia, vivendo ele mesmo em “Quanto Mais Vida, Melhor!”. Inicialmente, Escobar achou que o convite para a atual novela das sete seria pontual: apenas uma entrevista com Neném, craque fictício vivido por Vladimir Brichta. Entretanto, já é certo que ele fará aparições frequentes na trama de Mauro Wilson, sempre acompanhando o jogador de futebol. “Todo mundo na Globo sabe que torço para o América e é justamente o time em que o Neném volta a jogar. É uma participação muito afetiva, onde faço uma grande homenagem ao clube e me divirto bastante na companhia de profissionais que admiro”, valoriza.

                A postura polivalente de Escobar sempre é levada em consideração cada vez que seu nome é citado em algum projeto. Quem o sugeriu para o diretor da trama, Allan Fiterman, foi o produtor Cabeça, que conheceu o jornalista nos bastidores das transmissões do Carnaval, posto que Escobar, orgulhosamente, ocupa desde 2009. “Vou fazendo amigos a cada novo trabalho. Acho que é por isso que acabo sendo chamado para tantas coisas inusitadas”, conta ele, relembrando sua passagem como cantor no “PopStar”, disputa musical entre celebridades na qual entoou clássicos do samba, como “É Hoje” e “Conselho”. “Não sou cantor profissional, mas me diverti bastante naquele palco. Eu mesmo escolhi as músicas e tive lições preciosas com os professores do programa. Sempre dei muitas canjas nas rodas de samba. Mas, depois do programa, acho que tenho sido mais respeitado”, jura, entre risos.

                Muito à vontade nos estúdios da área de Jornalismo da emissora, Escobar confessa que mesmo interpretando a si mesmo, ficou nervoso ao chegar na locação da novela. “Existe a facilidade de fazer eu mesmo. Só que isso me leva a uma reflexão sobre como é que eu sou no vídeo. Tentei ser o mais natural possível. O Vladimir Brichta, o Marcelo Flores, o diretor Bernardo Sá, enfim, todo o pessoal que estava envolvido na gravação me ajudou bastante”, ressalta. Ao longo da primeira diária, ele acabou relaxando e curtindo seu primeiro dia como ator de novelas. A experiência com os textos das reportagens foi fundamental na memorização das falas e na marcação das sequências. Apesar de ter liberdade para improvisar, Escobar preferiu respeitar a cena e só sair do combinado quando fosse realmente necessário. “O texto já era muito bom e feito para o meu modo de falar. Porém, já que deixaram, inseri algumas palavras para que tudo ficasse bem realista. Já vi algumas cenas e gostei do resultado”, destaca o agora ator, que ficou emocionado com as cenas que fizeram alusão ao quadro “Cafezinho do Escobar”, que ele comanda no “Globo Esporte”. “Foi uma das homenagens mais legais que já recebi”, garante.

                Natural do Rio de Janeiro, Escobar trabalhava como comissário de bordo antes de enveredar pela carreira de radialista. O estilo bem humorado mostrado no programa “Rock Bola”, da Rádio Cidade, no rio, chamou a atenção no canal pago SporTV, para onde migrou em 2003. Depois de passar por diversos programas da casa, foi convidado para ficar de vez na Globo, onde apresentou programas como “Globo Esporte”, “Esporte Espetacular” e ainda assumiu as editorias esportivas dos telejornais da programação. Aos 47 anos, Escobar está feliz por abrir o as possibilidades na carreira e atuar em sua primeira novela. Porém, não tem muita certeza quanto ao espaço que as Artes Cênicas podem ter em sua rotina de trabalho. “Estou esperando o retorno da direção e do público. Se eles quiserem me ver atuando de novo e surgir um convite, eu topo. Mas é algo que encaro como diversão. Tenho muito trabalho no Esporte e daqui a pouco já tenho os preparativos para o Carnaval”, explica.

 

Fantástico” - Globo - domingos, às 20h30.

Quanto Mais Vida, Melhor!” - Globo - de segunda a sábado, às 29h30.


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte