Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Vereadores se juntam a diretora e conseguem aprovar construcao de novo Cras
11:00   30 de Maio, 2014
A responsável pelo Centro de Referência a Assistência Social - Crás Luz D’Yara, Aparecida Miller, esteve em Cuiabá ontem (29) para protocolar um projeto, já aprovado, na Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social – Setas/MT para que seja encaminhado via Governo do Estado a licitação da construção de um novo prédio para a unidade. Os recursos envolvidos é de R$ 347.225,69, o que engloba dinheiro vindo do Ministério do Desenvolvimento Social - MDS com contrapartida da Prefeitura de Rondonópolis. A conquista para a comunidade, segundo lembra a própria Miller, teve a articulação dos vereadores Roni Magnani (PP) e Reginaldo Santos (PPS). O projeto de criar um novo espaço para atender a população da Luz Dyara já havia sido feito há vários anos, porém, nunca saiu do papel. O vereador Reginaldo elogia o engajamento do prefeito Percival Muniz (PPS), que considera ter sido fundamental para que a obra deixasse de ser só um sonho. “No ano passado, ouvi da Cida Miller, logo que ela assumiu a unidade que havia um projeto engavetado para a construção de um novo prédio. Junto ao vereador Roni resgatamos este documento e fomos com a Cida nos reunir com o prefeito. Percival viu a necessidade e junto a intervenção do secretário de Ação Social, Mohamed Zaher, garantiu a contrapartida, o que impediu que perdêssemos o prazo para utilização dos recursos. O prefeito ainda pôs o corpo de engenharia da Sinfra e do Sanear para nos ajudar e conseguimos vencer todas as etapas”, celebrou o parlamentar. A área de edificação do novo prédio do Crás terá 302,43 metros quadrados, em um terreno amplo, ao lado do ESF do bairro, com 1.200 metros quadrados no total. A expectativa de Miller é que o processo de definição de uma empreiteira responsável ande rápido para a construção iniciar o mais breve possível. “É difícil estabelecer um prazo exato para isso, mas vamos ficar monitorando a situação. Nosso objetivo é ver já no início do próximo semestre a obra começando”, otimizou. Para o vereador Roni, os resultados obtidos com um bom trabalho feito nos Crás, assim como nos ESFs, são os meios atuais mais efetivos por parte do Poder Público de fazer o resgate e o amparo direto a quem mais precisa. “O Crás tem de ter uma política de atração popular, porque assim como a Atenção Básica em Saúde, é uma política que serve como a porta de entrada para a melhora da qualidade de vida do povo”, avaliou.
 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte