Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Caminhão de combate a incêndios do aeroporto foi recuperado na sexta-feira
09:08   04 de Agosto, 2014

Na sexta-feira, 1, foi concluída a recuperação do caminhão AP-2 Fenix, de combate a incêndios, no aeroporto de Alta Floresta. A empresa Lavrita, que veio realizar o serviço, é especializada no conserto deste tipo de veículo e atua em todo o país.

O Fênix, o segundo caminhão AP-2 enviado à Alta Floresta no inicio do ano, chegou com um defeito no canhão superior ocasionado por um choque com a rede elétrica em Cuiabá quando era transportado para o município, em fevereiro deste ano,  e não estava funcionando adequadamente. Após os reparados, os técnicos da empresa realizaram testes que comprovaram que o veículo está agora, apto para ser usado caso haja necessidade.

Já o caminhão AP-2 Printer, que foi o primeiro enviado para Alta Floresta e que estava apresentando problemas elétricos, também será recuperado. Os técnicos vão diagnosticar o problema do veículo e se não depender de peças, no inicio desta semana ele também estará pronto para uso. Entretanto, caso seja necessário a substituição de peças, o conserto do caminho pode demorar de 20 a 30 dias. Conforme informações dos técnicos da Lavrita, como o veículo é importado, as peças de reposição são compradas fora e este é o prazo que as revendedoras pedem para entregá-las.

Conforme o prefeito Asiel Bezerra - que acompanhou durante todo o dia os trabalhos dos técnicos no aeroporto - mesmo que este caminhão não fique pronto de imediato, por falta de peças, o veículo principal de combate à incêndios no aeroporto de Alta Floresta, agora está funcionando plenamente, o que garante a segurança do local. O caminhão AP2 Printer é apenas alternativo.

 O prefeito não esconde sua ansiedade em ver o aeroporto liberado pela ANAC para poso de aviões de grandes portes. Durante toda a sexta-feira, Asiel permaneceu no aeroporto, acompanhando cada detalhe dos trabalhos que estavam sendo feitos nos caminhões. E de lá mesmo despachou com seus assessores.

De acordo com ele, a parte da prefeitura a respeito dos planos de segurança do aeroporto, exigidas pela ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil- foram atendidas. “Até mesmo o conserto do Caminhão de combate à incêndio, que era um dos itens notificados pela ANAC, foi feito. Agora só depende da ANAC analisar e autorizar a liberação. Acredito que nesta semana o aeroporto esteja liberado”, enfatiza o prefeito.

Ele explica que a ANAC, inicialmente, analisa os planos, acompanhados por fotos, das medidas que foram adotados no aeroporto e, com base nas fotografias e nos textos enviados, deverá fazer a liberação do aeroporto. Após isto, os técnicos da Agência farão uma verificação in loco dos planos que foram implementados.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte