Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Encontro do Agronegócio:Carta de Paranaíta cobra asfalto até em Apiacás e liberação de jazida de calcário
2º Encontro do Agronegócio foi realizado sábado em Paranaíta
09:50   06 de Junho, 2016 - Fonte: Jornal Mato Grosso do Norte

Reportagem
Mato Grosso do Norte

Foi realizado no sábado, 4, no Salão Paroquial em Paranaíta, o 2º Encontro Regional do Agronegócio, com o objetivo de fomentar o crescimento econômico da região. Participaram do evento diversas autoridades, como prefeitos dos municípios da região, vereadores, deputados estaduais José Domingos e Dilmar Dal’Bosco, o secretário Nacional de Políticas Agrícolas do Ministério da Agricultura, Neri Gueller, presidente da Famato, Rui Prado e cerca de 380 pessoas.
A realização do encontro foi do Sindicato Rural de Paranaíta e prefeitura municipal, com apoio do Senar- Serviço Nacional de Aprendizagem Rural- Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso- Famato- e Instituto Mato-Grossense de Economia e Agropécuária- Imea.
A proposta da realização do encontro foi de discutir ideias para fomentar o desenvolvimento nos municípios de Alta Floresta, Paranaíta, Carlinda, Apiacás, Nova Monte Verde e Nova Bandeirantes, através da disseminação de atividades ligadas às áreas agricolas, pecuária e piscicultura. Além disso, formular uma pauta de reivindicações direcionada as autoridades competentes. 
O evento foi marcado por diversas palestras. O economista Daniel Latorraca Ferreira, superintendente do Imea, falou sobre as estratégia para o crescimento da agropecuária na região Norte de Mato Grosso. Daniel é especialista em gestão do agronegócio. 
Já Carlos Augusto Zanata, médico veterinário e especialista em gestão de negócio, falou sobre Grãos e Pecuária de Corte. Marcos Coelho de Carvalho, médico veterinário,discorreu sobre Piscicultura.  E Nivaldo Michete explicou para os presentes como alcançar bons resultados na pecuária de leite.
Todas as palestra chamaram a atenção dos participantes do encontro, principalmente dos produtores rurais, que destacaram a importância do evento para levar novas técnicas e conhecimento para ajudar na gestão das propriedades rurais.
Carta de Paranaíta- Do encontro foi elaborado a Carta de Paranaíta, direcionada as autoridade estaduais e federais, entregue ao secretário nacional de Políticas Agrícolas, do Ministério da Agricultura, Neri Gueller. 
A Carta, assinada por 6 prefeitos, destaca que a região, que agrega 5 milhões de hectares, é responsável por 5% da produção de Mato Groso, sendo detentora de 10% do rebanho bovino, 1,3% da produção de suínos e 1,6% do rebanho de aves. 
 Os municípios da região produzem 66 milhões de litros de leite por ano. A soma de todos estes produtos é equivalente a um PIB- Produto Interno Bruto – superior a R$ 3. 82 milhões. 
Com base nesta contribuição que a região concede ao Estado e ao País, as lideranças regionais reivindicam diversos itens necessários ao melhoramento da logística de produção. Dentre elas, destaca-se a pavimentação asfáltica ligando as cidades de Apiacás à Paranaíta e celeridade na liberação de Licença Ambiental e a liberação da jazida de calcário do município de Apiacás.
Centro- Também durante o evento, o Senar Mato Grosso fez o lançamento da Pedra Fundamental da construção do Núcleo Avançado de Capacitação- Unidade de Paranapita, através do presidente do Sistema Integrado Senar\ Famato, Rui Prado. O Centro será usado para a capacitação de produtores rurais, através de cursos e treinamentos.A avalição do encontro é bastante positiva por parte dos participantes. O presidente da Famato, Rui Prado, disse que a região se mobiliza para cobrar o melhoramento das técnicas de produção e as obras necessárias para a logística, itens essenciais para o aperfeiçoamento da produção de grãos. 
O secretário Neri Gueller se comprometeu em encaminhar as reivindicações apresentadas no encontro, às autoridades do Estado em Brasília e ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi.
O prefeito Tony Rufatto, anfitrião do encontro, faz uma avaliação positiva, afirmando que é de fundamental importância, que eventos assim aconteçam para debater as ações necessárias para fomentar o crescimento regional.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte