Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
No caminho do mal
Karen Junqueira se diverte com as vilanias de sua personagem em "Haja Coração"
09:43   15 de Julho, 2016 - Fonte: Jornal Mato Grosso do Norte

por Luana Borges\TV Press

Interpretar um vilão é um "prato cheio" para muitos atores. Karen Junqueira sabe bem disso. Não é para menos que tem se divertido na pele da esnobe Jéssica, de "Haja Coração". "Com uma vilã, posso experimentar muitos caminhos. Uma pessoa má, por exemplo, não se acha má, está apenas defendendo o que acredita. Então, parti desse princípio", explica. Além disso, encarnar um tipo detestável rende bastante repercussão junto ao público. É o que a atriz tem percebido desde que começou a aparecer no ar na atual novela das 19 horas. Nas redes sociais, principalmente, os comentários são mais "apaixonados". A maioria das pessoas reclama das atitudes da personagem na história. Mas há quem defenda o fato de Jéssica ser ciumenta com o namorado, Felipe, papel de Marcos Pitombo. "Mas, em questões futuras, acho que as pessoas vão ficar com muita raiva porque Jéssica vai fazer muita maldade com a Shirley", conta, citando a personagem de Sabrina Petraglia.

      Na trama, Jéssica é noiva de Felipe, um rapaz bonito e bem-sucedido. Ele acaba se encantando por Shirley, que trabalha como empregada doméstica em sua casa. O que provoca a ira de Jéssica. Para construir um papel crível, Karen, antes de qualquer coisa, entendeu que não poderia julgar sua personagem. "Se você já começa a criticar o papel desde o início, pode ser que não saia verdadeiro. Acho que Jéssica está defendendo seu ponto de vista, apesar de ser de uma maneira errônea, infantil e imatura", avalia.

      Antes do início das gravações, a atriz participou de encontros com seu núcleo na novela. Na ocasião, teve a oportunidade de fazer aulas de prosódia. Como Karen é mineira, precisava dominar, com naturalidade, o sotaque paulistano, já que a história se passa na capital de São Paulo. "No início, quando eu ficava pensando muito no sotaque, o mais difícil era o 'r'. Mas agora já estou tranquila", conta.

      Para entender o contexto social em que Jéssica está inserida, Karen também optou por assistir a algumas temporadas da série americana "Gossip Girl". "Tem bem essa coisa da sociedade, de meninas que são filhas de pais ricos, que têm tudo na vida e são mimadas", salienta ela, que participou do desenvolvimento da caracterização da personagem. Em cena, a atriz aparece sempre com roupas em tons claros. "Pensamos em fazer a personagem o mais elegante possível, 'clean' e bem maléfica", diverte-se.

 

"Haja Coração" – Globo – De segunda a sábado, às 19:20 h.

     

Onde houver trabalho

      A estreia de Karen Junqueira na tevê aconteceu na temporada 2006 de "Malhação". Mas, logo em 2007, ela assinou um contrato de cinco anos com a Record, onde atuou em produções como "Caminhos do Coração", "Os Mutantes" e "Poder Paralelo", entre outras. Depois desse período, a emissora ofereceu renovar o acordo por mais cinco anos. Mas a atriz achou que estava na hora de passar por novas experiências. "Eu tinha entrado para o elenco do musical 'Nine' e depois acabei passando dois meses em Los Angeles, o que foi ótimo", recorda. Na volta, Karen passou a ser chamada para vários testes, tanto na Globo como na Record. E acabou engatando alguns trabalhos na emissora que a revelou. "As coisas aconteceram dessa maneira. Eu não tenho emissora, acho que tenho trabalho. Sou uma atriz, sou ligada nas oportunidades", diz.

 

Instantâneas

# Karen Junqueira foi modelo por oito anos.

# Mineira, de Caxambu, ela se mudou para o Rio de Janeiro aos 17 anos para se dedicar à carreira de atriz.

# Enquanto trabalhava em campanhas publicitárias, Karen estudava no Tablado, renomado curso de interpretação no Rio de Janeiro.  

# A atriz possui um trabalho na tevê fechada. Em "Preamar", da HBO, interpretou a prostituta de luxo Paula.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte