Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Câmara Agrícola aprova R$ 104 milhões em crédito rural
Investimentos devem gerar 260 empregos diretos e 508 indiretos. Foram aprovadas 172 cartas consulta
09:00   25 de Julho, 2016

Renata Menezes 
Sedec-MT 

A Câmara de Política Agrícola e Crédito Rural (CPACR) recebeu 185 cartas consulta para financiamento de atividades rurais, das quais aprovou 172 que estão aptas para obter recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO/Rural), totalizando um investimento de R$ 104 milhões. A reunião foi realizada na quarta-feira, 20, na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).
Foi apresentada também uma carta consulta na área da suinocultura, no valor de R$ 57 milhões, que será encaminhada para avaliação ao Conselho de Desenvolvimento Agrícola (CDA-MT).
A maioria dos projetos aprovados se destinam à aquisição e retenção matrizes, equipamentos e insumos agrícolas, irrigação e piscicultura, sendo estes dois últimos setores prioridades do Estado. Com isso a previsão de geração de emprego gira em torno de 260 diretos e 508 indiretos.
A novidade é que, além do Banco do Brasil, pela primeira vez a agência MT Fomento foi ativada como instituição financeira com uma carta consulta apresentada. Outros dois projetos foram apresentados ao Sicred Mato Grosso. “Com o suporte do MT Fomento já podemos visualizar que a partir de agora novas demandas aconteçam, possibilitando que cada vez mais pessoas sejam beneficiadas com financiamentos”, explicou Eldo Orro, superintendente de Políticas Agrícolas da Sedec.
FCO Rural- O FCO Rural tem como público-alvo produtores rurais, pessoas físicas e jurídicas, cooperativas de produção e associações que exercem atividade produtiva no setor rural e que desejam iniciar, ampliar e modernizar seus empreendimentos na região Centro-Oeste. São oferecidas condições diferenciadas, como taxas de juros, limites financiáveis e prazos de pagamento e de carência. O produtor rural pode buscar todas as informações necessárias para a captação dos recursos nas agências do Banco do Brasil, Sicredi e MT Fomento.A CPACR é formada por representantes do Governo do Estado, entidades do segmento agropecuário e sociedade civil. A Câmara tem o objetivo de apresentar propostas de reformulação de Política Agrícola e Agrária Estadual, deliberar sobre projetos de financiamento para o desenvolvimento da agriculta em Mato Grosso e subsidiar as decisões do Conselho de Desenvolvimento Agrícola da Sedec.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte