Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Encaixe perfeito
No ar em "A Escolinha do Professor Raimundo", Fernanda Souza ressalta carreira diversificada na tevê
10:21   23 de Setembro, 2016 - Fonte: Carta Z

por Caroline Borges

TV Press

      A televisão envolveu Fernanda Souza de uma forma bastante natural e espontânea. Aos 8 anos, estreou como apresentadora no programa "X-Tudo", da TV Cultura. Agora, aos 32 anos, a atriz encara o início de sua trajetória de forma despretensiosa e desencanada. Há 24 anos na tevê, ela afirma que a carreira artística foi se revelando aos poucos durante seus primeiros projetos, como "Chiquititas" e "Malhação''. "Comecei muito pequena. Então, quando percebi, já estava trabalhando em 'Chiquititas' e, depois, 'Malhação'. Tudo foi acontecendo e eu fui sendo levada sem perceber", lembra a atriz, que interpreta a personagem Tati na nova versão de "A Escolinha do Professor Raimundo", do Canal Viva e da Globo, e estreia, em outubro, o programa "Vai Fernandinha'', no Multishow.

      Durante o período de pré-produção do humorístico, Fernanda foi bastante cautelosa e teve muito cuidado ao compor o papel para o "remake". Originalmente interpretada por Heloísa Périssé, a personagem Tati é uma típica adolescente que enfrenta as diversas crises de sua faixa etária. Ela discorre sobre fatos históricos usando, como linguagem, muitas gírias e expressões típicas da idade, mas, ao seu modo, sempre acertando a resposta. ''Dá uma responsabilidade grande porque a Tati é uma personagem muito recente na cabeça das pessoas. É ótimo fazer parte de um projeto tão especial'', afirma.   

      Para ter certeza de que estava seguindo o caminho correto da construção do papel, a atriz também contou com o auxílio da própria Heloísa Périssé. Ao final do primeiro dia de gravação, Fernanda ligou para a comediante e contou como foram os trabalhos. "Sou amiga da Lolô, então, ainda cria esse nervosismo de querer que minha amiga goste do que estou fazendo. Ela é uma pessoa muito especial, do bem e eu a amo demais'', valoriza.

      Antes de se envolver com os trabalhos do "remake", Fernanda gravou a primeira temporada do "late show" "Vai Fernandinha", do Multishow, que estreia no próximo dia 31 de outubro. Na produção, ela comanda uma série de entrevistas e brincadeiras com diferentes convidados, como Neymar, Sandy, Padre Fábio de Melo, Ivete Sangalo, Carolina Dieckmann e Thiaguinho. "Queria fazer algo divertido, leve e onde pudesse conversar e trocar ideias com as pessoas. Não fui em busca de referências de algum 'talk show' conhecido. Acho que estamos fazendo algo bem diferente de tudo que vejo", explica.

      A ideia de se arriscar na apresentação surgiu após a sua participação como repórter do "The Voice Brasil". Durante o "reality show", a atriz, além de entrevistar os competidores, também comandou dois programas na "web". "Antes, eu achava que poderia trabalhar com isso, mas não via possibilidade. O fato de o Boninho e o Creso (diretores) terem acreditado em mim como apresentadora me deu gás. Afinal, eram pessoas respeitadas da área", ressalta ela, que começou a negociar com o Multishow logo após o final de "A Regra do Jogo", de 2015. "Falei no canal que queria ser apresentadora e eles compraram a ideia. Depois, começamos a pensar em um formato bacana em que eu pudesse me encaixar", completa.

      Por enquanto, Fernanda não faz planos para um futuro mais sólido como apresentadora. Até o meio do próximo ano, ela está envolvida na turnê da peça "Meu Passado Não Me Condena'', um monólogo em que fala sobre sua trajetória profissional e pessoal. No espetáculo, a atriz conta o início de sua carreira, como são feitas as cenas e como funciona o roteiro de uma gravação. E divide com a plateia os perrengues, a fama, a relação com a mídia e até a vida pessoal. ''A peça é um grande balanço de tudo que vivi até hoje. Estou bastante focada no agora. Vou esperar o programa ir ao ar e sentir como o público recebe. Depois, penso se quero dar sequência nesse projeto", avalia.

 

Memória afetiva

      Fernanda Souza carrega doses de nostalgia em seu discurso ao falar sobre seu trabalho em "Chiquititas", do SBT. Através da órfã Mili, papel que interpretou no folhetim infantil, a atriz ganhou repercussão nacional. Quase 20 anos após a trama, ela ainda escuta diversas referências sobre a personagem. Inclusive, em seu programa para o Multishow, Fernanda terá um episódio com parte do elenco da novela. "É algo que faz parte da minha história. Essa novela marcou o país. Até hoje existe uma repercussão enorme. Precisávamos falar disso. O público gosta de rever nossos reencontros e saber como está todo mundo", aponta.

     

Instantâneas

# Fernanda participou de duas temporadas distintas de "Malhação". Ela esteve no elenco da novela nos anos 2000 e 2013.

# A peça "Meu Passado Não Me Condena" é a primeira experiência da atriz com texto de monólogo. "Gosto de poder me transformar sempre e fazer coisas diferentes'', ressalta.

# No SBT, Fernanda participou de três projetos: "Retrato de Mulher", "Razão de Viver" e "Chiquititas".

# No ano passado, a atriz apresentou o festival de música "Lollapalooza'' pela Globo.

 

"Escolinha do Professor Raimundo"  – Canal Viva – Segunda a sexta, às 20:30 h.

"Vai Fernandinha" – Multishow – Estreia dia 31 de outubro.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte