Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Caio Júnior é elo entre Chapecoense e visita "misteriosa" de dono do PSG
Xeque do Catar irá à Arena Condá neste sábado, comovido pela morte do técnico que conheceu há sete anos. Em Chapecó, clube não sabe quem é, mas oferece almoço Por Alexandre Lozetti e Amanda Kestelman Chapecó e Rio de Janeiro FACEBOOK TWITTER
11:22   16 de Dezembro, 2016 - Fonte: G-1 Globo esporte

Caio Júnior é o elo entre Hamad bin Khalifa Al Thani e a Chapecoense. É a comoção pela morte do técnico que levou o xeque do Catar a planejar uma visita à Arena Condá. Ele será recebido na manhã deste sábado pela diretoria do clube, e pediu que a família do treinador esteja presente.

Al Thani foi emir do Catar, preside atualmente a federação de futebol do país, é um dos acionistas da Qatar Sports, que tem 70% do PSG, um dos principais clubes europeus, e foi dono do Al-Gharafa, onde, entre 2009 e 2011, Caio Júnior teve passagem vitoriosa. A convivência e os três títulos conquistados fizeram Al Thani lamentar demais sua morte na queda do avião que transportava a Chape rumo a Medellín para a disputa da final da Copa Sul-Americana.

Probabilíssimo presidente eleito nesta sexta-feira em assembleia do Conselho da Chapecoense, Plínio David de Nês, o Maninho, diz que a visita é um mistério para ele.

– Eu sei que ele chegará às dez da manhã, vamos mostrar nossa estrutura a ele, a família do Caio Júnior estará presente a pedido dele, mas não sei quem ele é nem qual a motivação de sua vinda. Oferecemos a ele um almoço, mas ele não pôde aceitar porque no sábado à tarde terá compromissos no Rio de Janeiro. Então será algo muito rápido – afirmou.

Por se tratar de um xeque mergulhado em dinheiro, e pelo momento traumático da Chapecoense, a cidade vive a expectativa de uma ajuda financeira, mas a diretoria é totalmente cautelosa no assunto. Até porque não sabe quais seriam os moldes de uma possível oferta: uma doação, uma parceria ou até mesmo uma proposta de compra.

Antes de ir a Chapecó, Hamad bin Khalifa Al Thani visitará a CBF nesta sexta-feira. Foi a entidade que intermediou o contato entre o xeque e a Chape. Na função de presidente da federação local, Al Thani terá reuniões com Marco Polo Del Nero, e só então ficará definido se algum representante da CBF irá acompanhá-lo na visita de condolências à Arena Condá.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte