Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Com terrenos e passaporte mais baratos, expectativa é positiva para a Expoalta
Premiação inclui um Pálio 0 e R$ 25 mil em dinheiro
09:05   17 de Fevereiro, 2017 - Fonte: jornal Mato Grosso do Norte

Edemar Savariz\ Reportagem
Mato Grosso do Norte

A Expoalta – Exposição e Feira Agropecuária de Alta Floresta - Edição 2017, acontecerá dos dias 1º a 4 de junho. Para o presidente do Sindicato Rural, Valmir Naves Coco, a exposição foi readequada a realidade atual. Mas mesmo assim, terá grandes novidades e serão 4 noites repletas de atrações.

O Sindicato Rural, em parceria com a E-Show, está trazendo para Alta Floresta, durante a Expoalta, os cantores Guilherme e Santiago que se apresentarão na abertura do evento, Murilo e Vinícius no segundo dia e João Neto e Frederico no terceiro dia. 
“Estamos readequando para a nossa realidade. Estamos vivendo um momento bastante difícil, mas mesmo assim, estamos trazendo três shows bons, de nível nacional e ainda baixando o preço dos passaportes. O importante é levar o público para dentro da exposição. A feira é para a região e nossa intensão é ter o comércio local e a população em peso lá dentro”, disse o presidente.
Valmir explica que a entrada para o parque de exposição será através de passaporte. “O passaporte será comercializado pelo preço de 80 reais e ainda aquele que comprar antecipadamente poderá dividir em até 4 parcelas de 20 reais. “Quem adquirir o passaporte terá direito a entrada nos 4 dias de exposição, assistir todos os shows e ainda concorrer a um automóvel Palio 0 KM no 1º prêmio, R$ 15 mil em dinheiro no 2º prêmio e R$ 10 mil em dinheiro no 3º prêmio, também será sorteado um celular todas as noites”, explica o presidente. 
“Estamos realizando esta exposição para a comunidade alta-florestense, nossa intensão é que ela tenha boa aceitação. Queremos que os produtores, comerciantes e população em geral, venha e prestigie a exposição. Também que os expositores façam bons negócios e que Alta Floresta seja valorizada no decorrer deste evento”, complementa.
TERRENOS NO PARQUE DE EXPOSIÇÃO – O presidente do Sindicato Rural explica que foi baixado o preço dos terrenos. “Este ano ainda não destinamos os terrenos vagos. Para os expositores que já estão no Parque de Exposição nós vamos baixar 10% do valor cobrado no ano passado. Para o produtor local que quer mostrar e comercializar seu produto nós vamos cobrar o mais baixo possível. Nossa intensão não é ganhar muito dinheiro com os terrenos e sim levar o expositor para o Parque”, disse Valmir. 
BEBIDAS – A Exposição de 2017 não terá exclusividade na venda de bebidas, cada comerciante poderá vender qualquer marca. Valmir explica que a determinação da diretoria é que o preço seja o mesmo do ano passado e que o fornecimento da bebida seja do comércio local. 
“O objetivo principal da Exposição é a valorização do comércio local. Temos grandes distribuidores de bebidas, a ServFest, Coca-Cola, Crystal e que devem ser valorizados”, enfatiza o presidente.
PRIMEIRA TECNO ALTA – O grande diferencial da exposição, edição de 2017, será a realização do Primeiro TECNO ALTA, evento paralelo a Expoalta destinado a todo o setor produtivo.
O TECNO ALTA visa a capacitação dos produtores e de pessoas ligadas ao setor produtivo em diversas áreas. Serão realizadas palestras, oficinas, minicursos e rodadas de negócios.
Para o presidente do Sindicato Rural, este evento será a tendência das Feiras Agropecuárias. “Nós temos que focar o setor produtivo, a pecuária, agricultura, leite, peixe, ou seja, todo o setor produtivo. E a TECNO ALTA é um evento que vai envolver todo o produtor com capacitação e também com negócios”, disse o presidente. 

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte