Publicidade
         
      
         
Silas Malafaia chega para prestar depoimento na sede da PF
14:50   26 de Fevereiro, 2017

O pastor Silas Malafaia se apresenta na sede da Polícia Federal em São Paulo (SP) onde prestou depoimento para esclarecimentos na Operação Timóteo em 16 de dezembro. Foto: Claudinei Ligieri/Futura Press

A Polícia Federal indiciou o pastor da Associação Vitória em Cristo Silas Malafaia por lavagem de dinheiro na Operação Timóteo. O pastor, que é ligado à Assembleia de Deus, foi alvo de mandado de condução coercitiva em dezembro do ano passado. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

Malafaia é suspeito de apoiar a lavagem do dinheiro de um esquema de corrupção em cobranças judiciais de royalties da exploração mineral, segundo a reportagem.

Segundo a PF, a suspeita a ser esclarecida é que o líder religioso pode ter “emprestado” contas correntes de uma instituição religiosa para ocultar a origem ilícita do dinheiro.

O Estadão informou que procurou a assessoria de imprensa da Associação Vitória em Cristo e que aguarda manifestação do pastor

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte