Publicidade
         
      
         
Victor deixa 'The Voice' e nega agressão à mulher
Em rede social, Poliana volta atrás e diz que cantor não a machucou
15:14   27 de Fevereiro, 2017

 Victor  Chaves, da dupla Victor & Leo, negou ontem, em entrevista ao ‘Fantástico’, ter agredido a mulher, Poliana Bagatini, de 29 anos, que está grávida do segundo filho do casal. “A única coisa que posso dizer é que minha família é bem meu maior. Minha postura sempre foi de preservar a família. Eu vou continuar fazendo isso”, afirmou.

O cantor ainda se disse surpreendido pela repercussão “altamente negativa” do caso e com a qual vai lidar em recolhimento com sua família. “Toda essa exposição me pegou de surpresa. Jamais agrediria minha família, muito menos a minha esposa que está grávida do João”, declarou.

Após a denúncia, Victor pediu afastamento do ‘The Voice Kids’, da TV Globo, onde atuava como jurado técnico. A notícia foi dada ontem pelo apresentador do programa, André Marques: “A Globo repudia toda e qualquer forma de violência e acredita que essa acusação precisa ser apurada com rigor, garantindo o direito de defesa na busca da verdade”. Apesar do comunicado de que a edição manteria Victor, já que o programa estava gravado, o cantor apareceu apenas nas imagens abertas de estúdio e todas as suas falas foram cortadas.

Também ontem Poliana voltou atrás na denúncia apresentada à polícia e publicou uma carta no Instagram, afirmando que o sertanejo não a machucou e nunca a machucaria. Ela afirma que houve “um grande desentendimento familiar”, uma discussão com a sogra que a “abalou profundamente”. Poliana disse ainda que, como não tem parentes nem amigos em Belo Horizonte e que o marido não a apoiou e ainda tentou contê-la, achou que na polícia se sentiria amparada. Ela diz ainda que não tinha interesse na apuração do caso; que fez exame no IML apenas para comprovar a inexistência de lesão e que, apesar do transtorno, ele e o bebê estão bem.

Léo, irmão de Victor, também divulgou uma nota informando que apoia o casal sem julgamentos. Ele escreveu que “qualquer ser humanao em situações adversas, está sujeito a atitudes precipitadas e inconsequentes, ainda mais estando grávida”, e que a cunhada tem a sua compreensão e respeito.

Victor deu entrevista no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, onde estava com a mulher, a filha do casal e os pais dela, em um hangar particular. A família foi filmada de costas, a pedido dele. A Polícia Civil de Minas informou que manterá as investigações sobre o caso.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte