Publicidade
         
      
         
AF vai sediar encontro regional da Empaer
Do encontro será elaborado um documento que será encaminhado para o governo estadual
09:05   13 de Março, 2017 - Fonte: Jornal Mato Grosso do Norte

Reportagem
 Mato Grosso do Norte

Será realizado em Alta Floresta no dia 17 de março, um encontro regional da Empaer, no auditório do museu da Unemat, das 9 às 17 horas. O evento contará com a participação do presidente da empresa, Lair Mota e do diretor Rogério Monteiro, e tem o objetivo de discutir as prioridades dos Agricultores da Agricultura Familiar e definir a programação de trabalho que a Empaer desenvolverá durante o ano de 2017.
O chefe do escritório regional da Empaer em Alta Floresta, que agrega 18 municípios da região Norte, Leocir José Delani, afirmou que o encontro será de grande importância e que, os agricultores devem participar. 
“Vamos discutir as prioridades e o que será realizado pela Empaer neste ano. Do encontro será elaborado um documento que será encaminhado para o governo estadual. Além de agricultores, estamos convidando prefeitos e vereadores e os técnicos dos escritórios da Empaer nos municípios para participarem deste importante encontro”, frisa Leocir.
Conforme o chefe regional da Empaer, as prioridades na agricultura Familiar na região são a pecuária de leite, piscicultura, fruticultura, cafeicultura  e olericultura. “O que predomina nos municípios da região é a pecuária de leite. Por isso, o atendimento para esta atividade da agricultura familiar é umas das principais prioridades da Empaer”, observa Leocir.
Outra ação importante, segundo ele, é o programa Procafé, lançado em 2016 pelo governo estadual, que tem a finalidade de recuperar a produção de café em Mato Grosso, através da distribuição de modas de café clonais canilon. De acordo com Leocir, a Empaer fará a assistência técnica aos produtores de café atendidos pelo programa. 
A avaliação das ações desenvolvidas pela Empaer na região em 2016, segundo Leocir, são altamente positivas. Ele disse que foram atendidas com assistência técnica e crédito rural, 1.200 famílias da Agricultura Familiar. E através da chamada pública de sustentabilidade, foram ateAssentamento São Pedro- O chefe regional da Empaer destaca também o trabalho realizado pela Empaer, em parceria com a Companhia Hidrelétrica Teles Pires, no Assentamento São Pedro em Paranaíta.
De acordo com ele, a Empaer fez um levantamento em 750 propriedades e produziu um diagnóstico agropecuário e ambiental, com todas as informações inerentes aos moradores e a situação de cada propriedade.
“Aplicamos um questionário com 17 páginas e obtivemos todas as informações sobre cada propriedade. O forte do assentamento é a pecuária de leite e a prioridade é a reforma de pastagem, compra de matrizes leiteiras e recuperação das áreas de preservação permanente”, explica Leocir.
Estrutura- A falta de estrutura para o desenvolvimento dos trabalhos, de acordo com Leocir, é um dos problemas enfrentados pelas escritórios da Empaer nos municípios da região, para desenvolver as atividades de atendimento ao pequeno produtor.
“Ainda faltam técnicos e veículos para se fazer o atendimento nas comunidades. Os veículos são velhos e governo estadual precisa renovar a frota. Também é necessário a contratação de mais técnicos”, pontua Leocir.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte