Publicidade
         
      
         
Alta Floresta inicia discussão do Programa de Desenvolvimento Integrado
O gestor entende que as ferramentas apresentadas pelo Tribunal de Contas tendem a facilitar a administração
10:39   29 de Março, 2017

Assessoria
Prefeitura de Alta Floresta

Secretários municipais, adjuntos e servidores da administração alta-florestense participaram, nesta segunda-feira, 27, da apresentação do Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI). Eles acompanharam o prefeito, Dr. Asiel Bezerra, na reunião com o representante do TCE-MT, consultor Marcos Brita, ocorrida no auditório do Procon. O PDI foi instituído pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso com o objetivo de contribuir para a melhoria da eficiência dos serviços públicos, fomentando a adoção de um modelo de administração pública orientada para os resultados para a sociedade.
Ao dar boas vindas ao representante do TCE e aos servidores municipais, Dr. Asiel destacou a importância de traçar um planejamento de modo a atender as demandas da gestão municipal. O gestor entende que as ferramentas apresentadas pelo Tribunal de Contas tendem a facilitar a administração no atendimento aos anseios da comunidade. 

Brita, que faz parte de uma empresa que presta consultoria ao TCE-MT, disse que o objetivo do treinamento, que vai ser realizado até quinta-feira, é facilitar o processo de planejamento pelo município, já que os servidores é que conhecem a realidade e os objetivos a serem alcançados. “Eu agradeço o prefeito pelo apoio e eu já parabenizo por ter se proposto, pois esta solicitação pelo PDI não é obrigatória, e o prefeito entendeu que ter o PDI, o acesso a esta ferramenta é benéfico ao município”, explicou.
O consultor também ouviu os servidores sobre seus pontos de vista acerca do planejamento na condução dos rumos da administração municipal. Marcos Brita percebeu que há, entre secretários e servidores, a sensibilidade e conscientização em torno do assunto.
O prefeito municipal afirmou que a idéia se trazer o TCE ao município visa planejar as ações dos próximos anos. “Que possamos fazer Alta Floresta crescer num desenvolvimento planejado, uma grande cidade bonita e agradável para se viver”, ressaltou.
Criado em 2012 pelo Tribunal de Contas, o PDI tem como foco a melhoria da prestação do serviço público e boas práticas de gestão, com transferência de conhecimento e tecnologia em benefício da sociedade. O programa é constituído de cinco projetos, sendo: 1 – Apoio ao Planejamento Estratégico, 2 - Incentivo ao Acesso à Informação e à Consciência Cidadã, 3 - Orientação por Meio de Cursos Presenciais e à Distância, 4 - Controle Gerencial utilizando o Sistema Geo-Obras e 5 - Modernização Institucional.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte