Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Tentativa e erro
À frente do inovador “PopStar”, Fernanda Lima celebra a continuação de “Amor & Sexo”
13:07   21 de Julho, 2017 - Fonte: Carta Z Notícias

Anna Bittencourt

TV Press

            A aprendizagem, segundo algumas linhas da Psicologia, é feita através de um processo de sucessivas investidas. Para alcançar um novo comportamento - ou status -, um método é testado e, se der errado, uma nova aposta é feita. A carreira de Fernanda Lima é um exemplo disso. Após anos atuando no mundo da moda, ela chegou à tevê em 1999, na extinta MTV. De lá para cá, se lançou em alguns sucessos e fracassos - exemplos das novelas “Bang Bang” e “Pé na Jaca” e do “Amor & Sexo” - até chegar no atual “PopStar”. Às vésperas de completar 40 anos, apresentando a competição musical que envolve famosos e prestes a começar a gravar a nova temporada de “Amor & Sexo”, Fernanda garante que não esperava ocupar um lugar tão expressivo na tevê. “Estou muito satisfeita porque nunca imaginei ir tão longe assim. Na verdade, imaginava muito menos”, diz, com segurança.

            À frente do “PopStar” - um formato desenvolvido pela Globo -, Fernanda está em um lugar conhecido. Apresentar três temporadas do “SuperStar” deu a ela a segurança que precisava. “O estúdio já me traz boas lembranças porque é o mesmo. Já tenho também intimidade com o assunto, com a música, a competição e o ao vivo”, jura. Assim como no programa que tirava bandas do anonimato, ela é a responsável por comandar uma disputa. Desta vez, são famosos que sobem ao palco para cantar e concorrer ao prêmio de R$ 250 mil. “A diferença é que já conhecemos essas pessoas, o público já tem empatia por elas. Elas vêm para dar cara a tapa. Já são consagradas em uma profissão e topam se arriscar em outra”, explica.

            Apesar de admitir admiração e certa condescendência por quem se arrisca em um novo ofício, Fernanda garante que não facilitará a vida dos competidores. “Eles estão em um clima muito amistoso. A partir do próximo programa, que é ao vivo, vou dar uma instigada, uma provocada”, revela, aos risos. No palco, a apresentadora divide a tarefa com Tiago Abravanel, que comanda os bastidores do programa. “Ele já tem uma ligação muito especial com a música e é muito comunicativo. Vai se sair muito bem nessa posição e é uma dobradinha muito gostosa de fazer”, jura, negando qualquer boato de que puxa para si o protagonismo da produção. “No palco, eu sou coadjuvante. Quem tem de aparecer são as celebridades que estão cantando”, afirma.

            Natural de Porto Alegre, Fernanda começou a carreira ainda na adolescência. Como modelo, morou em países como Japão, Espanha e Suíça. Na Globo desde 2005, quando assumiu o “Vídeo Game”, ela construiu uma carreira bastante diversificada na emissora. No canal, rodou por programas e encarou protagonistas de novelas. No entanto, foi na linha de shows que conseguiu explorar seu maior potencial. “Acredito que tenha encontrado meu lugar. Não tenho mais muitas ambições na vida, mas espero continuar a apresentar meus programas”, finaliza.

 

Mais amor

         Apesar de apresentar programas notórios como o atual “PopStar” e os antigos “Por Toda Minha Vida” e “SuperStar”, Fernanda admite que o “Amor & Sexo” é a sua “menina dos olhos”. No ar desde 2009, o programa adulto teve a sua 11ª primeira temporada confirmada para este ano. “O programa cresceu muito ao longo dos anos. Acho muito importante a gente lidar com temas que são pouco retratados na tevê”, valoriza. O bom desenvolvimento da produção fez com que ela fosse ganhando mais desenvoltura para apresentá-lo e também para comandar outras produções. “Cheguei à conclusão que, se eu não me colocasse, não me expusesse, não teríamos chegado tão longe. Sempre fui opinativa e gostava disso. E ali era necessário que eu colocasse minha personalidade”, explica.

            Embora tenha uma audiência razoável, o fim do “Amor & Sexo” foi decretado muitas vezes. Por isso, algumas reformulações foram feitas ao longo das dez primeiras temporadas. Quadros e a presença de uma bancada adepta às firulas foram inseridos. A mais significativa para Fernanda foi se tornar redatora do programa ao lado de Antônio Amâncio. “Minha relação com a direção foi sempre maravilhosa. Eles me deixam muito à vontade para escolher o caminho que segui. O mesmo foi com a redação. Leio e quebro muito a cabeça para entregar o melhor que eu puder”, garante.

 

Instantâneas

# A apresentadora é formada em Jornalismo pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas.

# Sua estreia na tevê foi à frente do “Mochilão MTV”.

# Ela teve uma pequena passagem pela Rede TV!, onde apresentou os programas “Interligado” e “TV Escolha”.

# Apesar de cada vez mais imersa na carreira de apresentadora, Fernanda não descarta a vida de atriz. No ano passado, ela fez uma participação em “Os Suburbanos”, do Multishow.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte