Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Alta-florestense segue para sua terceira aventura de bike
Aos 62 anos, José Messias irá percorrer 3.500 quilômetros de bicicleta pelo país
12:44   14 de Agosto, 2017

Reportagem
Mato Grosso do Norte

No próximo dia 16 às 9 hs, o Paranaense radicado em Alta Floresta, José Messias Gomes da Silva, de 62 anos, vai embarcar para uma grande aventura. A terceira em sua vida de ciclista e atleta amador. 
Vai percorrer de bicicleta cerca de 5.300 quilômetros. De Alta Floresta ele segue de ônibus para Salvador (Bahia), onde iniciará a sua aventura, levando no bagageiro uma antiga bicicleta Monark, que adaptou para a viagem.  
Seu roteiro e saída de Salvador será por volta do dia 22 de agosto, seguindo pelo litoral através da BR 001 até ao Espírito Santo. De lá, pega a BR 101 até no Rio de Janeiro. Daí para São Paulo pela via Dutra. De São Paulo seu destino é Curitiba pedalando pela BR 116. 
De Curitiba ele vai à Maringá e inicia seu retorno passando pela cidade de Naviraí (MT Sul), pega a BR 163 e segue com destino a Santa Helena (MT), seguindo para Alta Floresta através da MT 320. A previsão de sua chega em Alta Floresta é no dia 20 de novembro. 
Se você acha que é preciso coragem e um pouco de maluquice para empreender uma aventura desta proporção, Messias observa que, além destas características, é preciso muita determinação e força de vontade para não desistir no meio do caminho. Mesmo para ele que está realizando sua terceira aventura de bike pelo país, a viagem exige muito planejamento. 

Em 2007, ele foi de Alta Floresta a Paranaguá e de lá para Florianópolis. E em 2009 foi para Curitiba.
Por isso, ele disse que sua meta é percorrer em média, 100 quilômetros por dia. Sua rotina na estrada será acordar às 6 da manhã e pedalar até às 11 horas, no máximo até meio dia. No período da tarde, pedala das 15 até às 18 horas. 
“Daria para mim fazer a viagem em 50 dias. Mas em algumas cidades vou parar para visitar parentes. Por isso, minha previsão e demorar 90 dias e estar de volta à Alta Floresta por volta do dia 20 de novembro”, comenta José Messias. 
Com um orçamento apertado para a viagem, Messias disse que na maioria das noites irá dormir em barracas em pátios de postos de Combustíveis. Só pernoitará em hotéis em cidades por causa do perigo de ser atacado por bandidos.
O custo de sua viagem, conforme ele, é de R$ 8 mil. Ele vai gastar R$ 4.500 com alimentação, já investiu cerca de R$ 2 mil para preparar a bicicleta e o restante, [R$1.5mil] é para a manutenção da bicicleta e despesas inesperadas. 
Durante o percurso, Messias diz que o segredo é comer bem, mas de forma saudável, evitando comidas gordurosas, e cuidar da hidratação do corpo, tomando sempre muita água e líquidos, tipo suco naturais. 
Se você quiser ajudar Messias com a doação de qualquer valor para ajudar na despesa de sua aventura, seu telefone é (66) 9. 9229-3886- operadora Claro.
Durante o percursos, ele vai divulgando o nome de Alta Floresta Brasil a fora. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte