Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Fantasma do rebaixamento volta a rondar time do Vasco
Time carioca faz péssima partida e foi derrotado pelo p time do Bahia por 3 a 0
13:31   21 de Agosto, 2017

O Vasco completou seu quinto jogo sem vitória ao perder para o Bahia por 3 a 0, neste domingo, na Fonte Nova, em Salvador, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. São três derrotas e dois empates que deixam o time carioca à beira de uma crise, com apenas 25 pontos e perto da zona de rebaixamento. O time baiano se reabilitou da goleada sofrida em Curitiba para o Atlético-PR, por 4 a 1, e ganhou posições importantes ao atingir os 26 pontos.
A torcida presente na Fonte Nova deixou o estádio com sorriso no rosto e esperança renovada. Em casa, o Bahia aproveitou erros do Vasco, com direito a “olé” e atuação destacada de Mendoza – foram dois do colombiano e um do capitão Tiago, que abriu o caminho da vitória.
Foi a sétima vitória do time baiano no Campeonato Brasileiro. Com 26 pontos, a equipe ocupa a 11ª posição. O Vasco não vence há cinco jogos. O time de Milton Mendes é 14º, com 25 pontos. Na próxima rodada, o Cruz-maltino encara o Fluminense, no sábado, no Maracanã. O Bahia, no domingo, recebe o Botafogo, na Fonte nova.
Anderson Martins fez o primeiro jogo pelo Vasco desde o retorno. Titular de Milton Mendes, não teve boa atuação no 3 a 0 para o Bahia. Não acompanhou Rodrigão pelo alto no primeiro gol, sofreu - junto com o sistema defensivo - com a velocidade do ataque adversário e saiu de campo com um cartão amarelo, por falta dura em Vinicius.

A fase de Mendoza é das melhores. Emprestado pelo Corinthians, o atacante fez quatro gols nos últimos três jogos. Vem sendo uma das principais armas do time de Preto Casagrande. Contra o Vasco, neste domingo, foram dois: o primeiro na velocidade e categoria para tirar Martín Silva; o segundo, no oportunismo após rebote do goleiro uruguaio. 
PRIMEIRO TEMPO - A partida começou agitada na Fonte Nova. No primeiro lance, Rodrigão foi travado por Breno na grande área; Wagner respondeu com chute de canhota, assustando Jean. A partir daí as duas equipes jogaram aproveitando erros do adversário. O Vasco, com mais posse de bola, teve chances de abrir o marcador após saídas de bola precipitadas do Bahia – na melhor delas, Paulinho recebeu de Mateus Vital, mas, livre, bateu torto.
O time mandante foi mais eficiente. Na bola aérea, Tiago, entre Breno e Anderson Martins, subiu sozinho e tocou de cabeça para abrir o marcador. Antes do intervalo, Mendoza, na indecisão de Ramon, partiu sozinho, tirou Martín Silva da jogada e balançou a rede. Wagner teve outra oportunidade, sem marcação na grande área, mas carimbou a trave.
SEGUNDO TEMPO - Milton Mendes voltou com Nenê e Bruno Paulista, mas não deu tempo do Vasco se arrumar em campo. Mendoza, com um minuto de bola rolando na segunda etapa, aproveitou rebote de Martín e marcou mais um.
O resultado foi o suficiente para o delírio dos torcedores nas arquibancadas. Ao som "olé", o Bahia trocou passes com facilidade diante de um Vasco abatido. O placar poderia ter sido mais elástico, mas Rodrigão desperdiçou chance clara e não recebeu passe de Mendoza quando livre na grande área.
No próximo domingo, o Bahia vai enfrentar o Botafogo, de novo em casa, às 16 horas, pela 22.ª rodada. O Vasco tentará acabar com seu jejum de vitórias no clássico com o Fluminense, sábado, às 16 horas, no Maracanã. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte