Jornal MT Norte
Publicidade
Governo faz repasse de R$ 30,3 milhões para Assembleia Legislativa
11:01   08 de Agosto, 2014 - Fonte: MT Norte
b59b148623fe68c8cabe91d6fd8359cd.jpg

O deputado estadual Zeca Viana (PDT) tachou como vergonhoso o repasse suplementar  de R$ 30,3 milhões que o governo de Mato Grosso fez para Assembleia Legislativa, conforme publicação realizada nesta quarta-feira, 6, no Diário Oficial de Mato Grosso.

O pedetista lembrou que o governo deve para os municípios R$ 50 milhões que deveriam ser investidos na área de saúde. “Enquanto o governo deve R$ 50 milhões para saúde, nas vésperas da eleição, faz um repasse de R$ 30 milhões a mais para Assembleia. Isso é uma vergonha. Essa politicagem com o dinheiro público precisa acabar”, disse o deputado.

Deputado de oposição, Zeca Viana sempre manifestou postura crítica com relação a medidas do governo e à direção da Assembleia Legislativa, que tem na direção parlamentares do grupo governista. “Faltando dois meses para a eleição, a presidência da Assembleia recebe dinheiro para reformar o prédio. Isso cheira a picaretagem”, afirmou Zeca Viana.

O governador Silval Barbosa (PMDB) abriu crédito orçamentário de R$ 30,3 milhões para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso em decorrência de “excesso na arrecadação de impostos”.Ou seja, a Assembleia vai receber – a mais – R$ 30,3 milhões.

Ainda conforme publicado no Diário Oficial, a Assembleia Legislativa vai gastar R$ 11 milhões com a ampliação e reforma física do prédio da Assembleia.  Outros R$ 10,3 milhões serão destinados à manutenção de serviços administrativos gerais e  R$ 8 milhões com a remuneração de pessoal ativo do Estado e encargos sociais.

Conforme a Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada pelos deputados estaduais em dezembro de 2013, o duodécimo, que é o repasse do Executivo ao Legislativo para custear despesas, teria neste ano o valor de R$ 309,4 milhões. Agora, além deste valor, a Assembleia receberá mais R$ 30,3 milhões do governador Silval Barbosa (PMDB). 

 

 


 

Compartilhe nas redes sociais

COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte