Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Projeto para recuperação de dependentes químicos é apresentado por magistrada
Criação do programa visa o enfrentamento ao uso de entorpecente e resultados são satisfatórios
12:00   02 de Outubro, 2017

Assessoria
TJ/ MT

Um trabalho desenvolvido pelo Juizado Especial Criminal (Jecrim) da Comarca de Alta Floresta foi apresentado pela juíza Milena Ramos de Lima e Souza Paro, na sexta-feira, 29, durante o XVI Encontro de Juízes dos Juizados Especiais de Mato Grosso. No evento, que aconteceu no auditório Gervásio Leite, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), a magistrada apresentou o Programa Educativo para Usuários e Dependentes de Drogas (PEUDD).
Implantado há menos de um ano e meio, a criação do programa visa o enfrentamento ao uso de substância entorpecente e os resultados são satisfatórios. 
“Temos a dificuldade de que no interior não existe um modelo de programa educativo para usuários de drogas. É muito mais fácil compartilharmos, trocarmos ideias, ter um ponto de partida para o magistrado, se quiser implantar na sua comarca algo parecido. Essa é a relevância do tema, principalmente compartilhar o que já está em andamento e tem dado certo. Muitas vezes os colegas não têm oportunidade, ou por falta de tempo, outras atividades, parar para organizar um programa educativo”, justificou.
A magistrada contou que quando assumiu o Jecrim em Alta Floresta a aplicação para os usuários de drogas era somente o inciso I do Artigo 28 da Lei nº 11.343/20006, ou seja, advertência sobre efeitos de droga. Daí surgiu a necessidade de um trabalho voltado para esse público, então criou-se o PEUDD como proposta de inserção do infrator no programa a título de transformação penal. 
Um vídeo com depoimentos de pessoas atendidas pelo PEUDD foi apresentado aos magistrados com relatos de como a ação contribuiu para a mudança de vida. “É gratificante saber que podemos usar nossa profissão para fazer o bem e fazer a diferença”, falou a magistrada ao final. 

A participação da juíza ocorreu dentro do tema da palestra proposta para a segunda manhã do Encontro. Com o tema ‘Diretrizes para enfrentamento do uso e porte de entorpecentes’. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte