Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
A todo vapor
Ana Maria Braga revela sua rotina para apresentar o “Mais Você” de segunda a sexta
13:31   17 de Novembro, 2017

Anna Bittencourt
TV Press


Ana Maria Braga é daquelas que afirma que o trabalho é seu maior combustível. Aos 68 anos, a apresentadora do “Mais Você” enfrenta uma rotina ainda mais exaustiva do que os jovens atores dos folhetins – só que, ao contrário deles, sem reclamar do ritmo puxado. Para estar à frente do diário matutino, ela acorda cedo, às 4h30. E, antes mesmo das 6h, já está nos Estúdios Globo, localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, para transmiti-lo ao vivo. “Gosto de chegar mais cedo porque as coisas podem mudar drasticamente do dia para a noite devido a uma notícia ou acontecimento”, revela ela, que só volta para casa por volta das 17h. “Só saio quando fechamos todas as pautas do dia seguinte, os VTs, a sonorização... E muitas vezes ainda trabalho em casa, fazendo alterações no roteiro”, conta, sem perder o fôlego.
O cuidado com o “Mais Você” é natural. Desde 1999, Ana Maria tem um horário garantido nas manhãs da Globo. Por isso, a apresentadora afirma que o programa tem que estar bem cercado. “Falamos com diversos tipos de público e precisamos estar atentos para ter conexão com todos eles”, explica. Além de repercutir as principais notícias do Brasil e do mundo – mas sem o tom sisudo dos jornalístico –, ela recebe convidados para apetitosos cafés-da-manhã cercados de bate-papo, cozinha e ensina receitas. “O clima do país está muito pesado. Se você não tem um momento para relaxar em frente à tevê, ainda que veja uma ou outra notícia mais pesada, você está perdido”, opina.
Por entender a importância dos momentos de descontração, ela jura se divertir com os próprios erros durante o “Mais Você”, e sua consequente geração de “memes” na internet. “Já tive a fase de me preocupar com isso, mas já passou há muito tempo. Com o tempo a gente aprender a rir de si mesmo. Além disso, tenho a convição de que estou fazendo meu melhor”, afirma. A interação com o público – como na vez que apresentou vestida de unicórnio por escolha do público – e a relação de troca com o Louro José, segundo ela, suavizam o tom do programa e os erros que podem surgir durante uma transmissão ao vivo. “O Louro é meu alter-ego. Ele me corrige quando não sei, me ajuda quando me distraio. É uma maravilha”, diz, entre risos.
Natural de Ribeirão Pires, em São Paulo, Ana Maria teve outra carreira antes de se aventurar na tevê. Ela se formou em Ciências Biológicas e se especializou em Zoologia antes de se dedicar ao Jornalismo. “Tudo que estudei, das coisas mais simples até as mais complexas, me ajudaram a formar o que sou hoje”, diz, emocionada. Mas foi na extinta TV Tupi que, em meados dos anos 1980, que a apresentadora estreou na tevê. Antes de ir para a Record – emissora que a catapultou para as manhãs da Globo – ela teve uma passagem como diretora comercial na Editora Abril. “Isso foi importantíssimo. Dirigi revistas femininas e conheci a fundo o perfil de cada mulher. Isso foi fundamental para minha carreira na tevê”, afirma.

Bem resolvida
Por dialogar diretamente com o seu telespectador durante todo o programa – seu principal interlocutor é o Louro José –, Ana Maria afirma que sente necessidade de sempre expor os detalhes relevantes de sua vida no “Mais Você”. Por duas vezes, ela já anunciou a descoberta de um câncer – primeiro no reto e, depois, no pulmão – no ar. “Quando você recebe o diagnóstico e sente e finitude da vida, passa a tratar de cada dia como se fosse o último. E por isso acho imprescindível deixar tudo sempre às claras”, afirma. 
Com a doença controlada, ela jura que faz de tudo para aproveitar a vida. Por isso, não tem o menor melindre para falar das intervenções estéticas que já fez – além da aplicação de silicone dos seios, ela fez “lifting” na face, aplica botox regularmente e ingere cerca de 20 pílulas por dia. “Não é fácil envelhecer, diante ou não das câmeras. Se eu dissesse que gosto de ver minhas rugas na tevê, estaria mentindo”, diz, com bom humor.

Instantâneas
# Por dormir muito cedo, Ana Maria confessa que só assiste às novelas através de plataformas “on demand”. “E, mesmo assim, só uma vez por semana para me inteirar”, revela.
# Entre as revistas em que esteve à frente estão a “Nova” e a “Cláudia”.
# Tom Veiga é o responsável por manipular o Louro José. Além dele, as cachorras de estimação de Ana Maria também fazem companhia a eles no cenário.
# A apresentadora assina por seis livros de culinária.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte