Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Seminário Internacional de Turismo incentiva a inovação
Sebrae e São Manoel trouxeram palestrante Jorge Melguizo
13:55   01 de Dezembro, 2017

Assessoria
São Manoel Energia 

As palestras do Seminário Internacional de Turismo de Alta Floresta na noite de 29 de novembro, na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) instigaram o público composto de estudantes, microempresários, profissionais autônomos e aspirantes a abrir o próprio negócio. O administrador e consultor em marketing digital Filipe Costa e o colombiano, ex-secretário de cultura de Mendellín, na Colômbia, Jorge Melguizo, dividiram conhecimento e experiências transformadoras. O evento foi uma realização do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com recursos da Empresa de Energia São Manoel, por meio do Programa de Apoio a Reinserção e Fomento das atividades Locais, que é uma medida de mitigação do licenciamento ambiental federal da UHE São Manoel, conduzido pelo Ibama. 
Com o tema “Turismo e e-commerce”, Filipe Costa comprovou em meio a estatísticas e cases de sucesso do poder da internet para alavancar as vendas e ultrapassar fronteiras. Estratégias digitais para a empresa decolar na rede mundial de computadores, a importância do planejamento, as ferramentas disponíveis que fomentam a popularidade e os exemplos reais de quem conquistou os internautas foram alguns tópicos abordados no encontro. 
Para dar continuidade à programação, Jorge Melguizo interagiu com o público e instigou-o a refletir no papel de cada um enquanto protagonista da mudança que deseja na realidade local. 

A palestra “Cidades Inteligentes e Criativas” foi marcada por muitas provocações. Dez perguntas conduziram a discussão que teve a “criatividade” como foco central. “O que o mais de inovador possui o Brasil?”, “O que faz de Alta Floresta uma cidade criativa?”, “O que há de criatividade nos governantes?”. Essas e outras dúvidas fizeram da palestra um estímulo para se pensar em novas ideias. Em tom questionador, Melguizo desfez mitos e apresentou novas respostas. 

Embora a corrupção fosse umas das queixas para a dificuldade do Brasil em se tornar um ambiente melhor para viver, para Melguizo o problema não são os corruptos, mas a sociedade que permite, e é cúmplice em votar nas mesmas pessoas. Impressionado com o conteúdo da palestra, o artista e servidor público Ronaldo Adriano Freitas Lima, considera a experiência enriquecedora. “Participar de uma palestra como essa é uma oportunidade raríssima. Toda e qualquer liderança deveria assistir”, afirmou. 
O pilar de toda a apresentação foi o sucesso que Medellín alcançou nos últimos 20 anos. A cidade colombiana que chegou a ser considerada a pior do país, com altos índices de violência – número de óbitos maior até que comparado a países em Guerra, Medellín serve hoje de inspiração para o mundo. Ele conta que para isso, alianças entre o público e privado, gestão transparente, investimentos sociais em cultura, principalmente em regiões mais pobres, foram ferramentas para conquistar a qualidade de vida que se encontra lá hoje. Nas palavras de Melguizo, “se em Medellín foi possível, em qualquer outra cidade também é”.

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte