Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Equipe Floresta Off Road participa da 3ª Edição do Trilhão do Queixada em Sinop
12:44   04 de Dezembro, 2017

Reportagem 
Mato Grosso do Norte 


Aconteceu neste sábado, 2, em Sinop, a 3ª Edição do Trilhão do Queixada realizada pelo Jeep Clube. E a equipe do município de Alta Floresta, “Floresta Off Road”, participou pela segunda vez consecutiva desta incrível aventura.
O trilhão se trata de um evento muito aguardado pelos jipeiros e amantes de trilhas. Os participantes encaram muita adrenalina e emoção em aproximadamente 50 quilômetros de muitos desafios em meio a água e lama.
O empresário e integrante do grupo, Dino Kraemer, explica que o evento foi muito empolgante e que sete carros do município participaram do circuito que foi realizado as margens do Rio Teles Pires. “O evento foi muito bom. O percurso estava com muita água, pois choveu muito até na sexta-feira à noite, por isso teve locais que foram cortados do circuito por motivos de alagamento, com água com mais de 80 cm de profundidade, o que dificulta para a maioria dos carros. O nível de dificuldade foi bem grande, em algumas partes da trilha que foram cortadas que tiveram bastante dificuldade para saírem. Houve muitos carros participando do evento. Foram mais de 60”, disse Dino.
Dino explica que o esporte é excelente para envolver a família. “Saímos de Alta Floresta para Sinop com tranquilidade e sem pressa na sexta-feira. A maioria do nosso grupo é formado por pessoas casadas e as famílias vão junto e participam”, explica.
Floresta Off Road - Wilson Marcos Bertola, presidente do grupo, explica que atualmente há 30 associados ativos,  há um calendário das atividades e encontros do grupo. 
Além disso, seus integrantes também têm se preocupado com parte social. “Todo ano é eleito um novo presidente, ou seja, todos vão ter que encarar esta função dentro do grupo. Na gestão atual decidimos direcionar uma parte do faturamento do grupo para uma instituição carente do município. Claro, isso se não houver nenhum acidente ou algo que tenhamos que destinar para uma assistência emergencial do grupo”, disse.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte