Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Conhecendo melhor sobre a Fertilidade Feminina e Masculina
Como saber dividir as responsabilidades na hora de engravidar monitorando a fertilidade em casa e qual a hora de procurar a ajuda médica
11:59   06 de Dezembro, 2017

 

Quando um casal jovem e saudável percebe a hora certa de engravidar, devem esperar naturalmente por cerca de um ano. Conhecendo o período fértil da mulher, fica mais fácil, não causa tanta ansiedade e os futuros papais podem aguardar sem preocupação. Segundo pesquisas médicas especializadas, sete em cada oito casais conseguem atingir seu objetivo. A tecnologia de precisão, através de testes caseiros – os auto testes – está no mercado nacional há 18 anos, com a marca mais confiável, a Confirme Testes, que é uma das pioneiras que mais contribuem aos casais que se programam para uma gestação natural. O mais novo produto fabricado no Brasil, o Confirme Fertilidade Masculina aliado ao Confirme Fertilidade Feminina, hoje são essenciais para os “tentantes” por dar chances do monitoramento na hora da fecundação podendo ajudar até, em alguns casos, na escolha do sexo do bebê.
Quando a mulher tem idade superior aos 35 anos, o prazo fica mais curto. No entanto, é comum que as pessoas esperem mais tempo, o que pode diminuir a possibilidade de superar o problema e tempo continuará se reduzindo com o passar dos anos. Como hoje em dia muitas mulheres buscam a estabilidade financeira e profissional antes de se tornarem mães, este momento chega causando mais estresse, ansiedade e cobranças nesta fase, por se tratar de um processo desgastante do ponto de vista emocional – e, muitas vezes, financeiro também. “O objetivo da Confirme Testes é aumentar consideravelmente essa chance, elevando a confiança de uma gravidez”, comenta a farmacêutica responsável, Dra. Adriana Juliani do grupo Analitic Tecnologia de Precisão.
Outros fatores também são importantes na hora da fertilização que está associada aos bons hábitos, como não fumar nem beber, fazer exercícios regularmente, combater o stress e manter um equilíbrio nutricional saudável, a gravidez acontece com maior facilidade. Todos os fatores citados podem produzir efeitos negativos na fertilidade da mulher e do homem quando ignorados.
Mesmo com a tecnologia de precisão nos auto testes e com os investimentos dos últimos anos, os produtos ainda são desconhecidos por uma grande parcela da população na hora de engravidar. A marca Confirme é muito conhecida pela eficiência dos seus testes de gravidez, onde hoje 78% das mulheres comprovam que estão grávidas com testes caseiros. Portanto para que se chegue a este diagnóstico a necessidade de se monitorarem com os testes de fertilidade Feminina e Masculina é um dos objetivos da Confirme, para que o casal atinja o seu objetivo, que é ter um filho.
Após o casal ter acesso aos testes de fertilidade e tentar pelo tempo adequado as suas idades, procurar ajuda médica para uma investigação minuciosa dos espermatozoides e óvulos que serão fecundados em laboratório, pode ser a última solução. Porém o quanto antes o casal optar por monitoramento da fertilidade feminina e a contagem de espermatozoides através dos auto testes, ganharão tempo para se programarem melhor na hora de engravidar.
Depois das tentativas naturais, com a ajuda do monitoramento em casa, o casal deve conversar com um especialista que irá avaliar o histórico de tentativas e, eventuais exames serão solicitados e analisados.
Vários exames podem ser solicitados com base na consulta do casal, como: ultrassonografia transvaginal, exames hormonais, espermograma e cariótipo do casal. Também poderão ser solicitados exames para avaliar a permeabilidade das trompas.
Como se prevenir - As mulheres a partir dos 30 anos podem e devem realizar avaliações periódicas da fertilidade, aproveitando sua visita anual ao ginecologista. Esta avaliação pode ser realizada com ou sem pausa no uso dos anticoncepcionais. No primeiro caso, é feito o estudo do FSH e a contagem de folículos antrais e no segundo, realizar o estudo do hormônio anti-Mülleriano.
Com tal prevenção as mulheres, conhecendo o seu estado atual de fertilidade, podem tomar uma decisão mais assertiva quando desejarem engravidar ou tomarem a atitude de realizar o congelamento de óvulos para conservar suas chances para o futuro. 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte