Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
RPG Souchard no controle da vertigem
13:47   13 de Dezembro, 2017
a91f1a8811c68c11d363f01c89f0a073.jpg

A vertigem pode ser definida como a falsa percepção de movimento próprio ou do ambiente

Você já se deparou com a sensação de que “tudo está girando a sua volta”? Situações assim parecem comuns para quem sofre com vertigem.  Ao se levantar da cama ou mesmo ficar parado, o indivíduo começa a sentir uma tontura que, frequentemente, está associada a outros sintomas, como a sensação de que o corpo foi empurrado ou arremessado para o espaço, vômitos, náuseas ou dificuldades de se manter em pé.
O que é?
A vertigem pode ser definida como a falsa percepção de movimento próprio ou do ambiente. No caso especial de crianças é importante observar sinais de disfunções de equilíbrio: quedas recorrentes; mau rendimento na escola; medo de utilizar brinquedos com muito movimento ou medo do escuro, dentre outros.
Quais as causas?
Para a manutenção do equilíbrio é necessário que o próprio corpo forneça informações detalhadas ao cérebro, por meio da visão, da propriocepção e do ouvido interno.
O ouvido interno possui um órgão chamado labirinto (responsável pela manutenção do equilíbrio). Este órgão faz parte do sistema vestibular e possui líquidos em seu interior, cuja movimentação é interpretada pelo cérebro, contribuindo na identificação de movimentos e, consequentemente, mantendo o indivíduo em equilíbrio.
Algumas causas para a vertigem incluem: doenças do aparelho vestibular (cerca de 40% dos casos); lesões cerebrais e traumatismo; distúrbios psiquiátricos; intoxicação pelo uso de alguns medicamentos podem causar lesões no ouvido interno; crises de ansiedade ou ataques de pânico, dentre outros fatores. Vale ressaltar que 10% dos casos são de origem indeterminada.
Sintomas que indicam maior risco
– Dores de cabeça muito intensas;
– Febre alta;
– Perda de consciência e até dificuldades com a fala;
– Dores no peito;
– Fraqueza em algum dos membros;
– Grande dificuldade de orientação.
Tratamento
Para aliviar os sintomas da vertigem é importante que o paciente se deite, faça relaxamento e evite movimentar, extremamente, a cabeça.
O tratamento fisioterapêutico ajuda a colocar de volta os cristais do labirinto (que ficam em seu interior). Uma vez fora do lugar, os cristais tendem a causar a sensação de vertigem e tontura.
A RPG Souchard é bastante aplicada para promover o ajuste do desequilíbrio muscular que incomoda os pacientes que sofrem com vertigem. O profissional poderá realizar manobras e mobilizações na cabeça do paciente, lentamente, a fim de reposicionar os cristais presentes no ouvido e, assim, melhorar o equilíbrio, aliviando as tonturas.
Algumas dicas importantes para aliviar os sintomas
– Apostar na alimentação adequada e saudável;
– Evitar movimentos ou alterações de posições bruscas e repentinas;
– Afastar as situações de estresse e ansiedade;
– Evitar o fumo e a ingestão de álcool;
– Ingerir bastante líquido;
– Evitar leituras e locais com luzes fortes durante as crises de vertigem.

Aline Rezende
Fisioterapeuta
3521-5607

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte