Jornal MT Norte
Publicidade
         
      
         
Silval Barbosa é condenado a 13 anos e 7 meses de reclusão
Ex-governador tem um rol de processos na Operação Sodoma
12:53   18 de Dezembro, 2017

Reportagem
Mato Grosso do Norte

O ex-governador de Mato Grosso Silval Barbosa (PMDB) foi condenado a 13 anos e sete meses de reclusão pela juíza Selma Rosane Arruda, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá. Silval foi condenado por três crimes: organização criminosa, concussão (vantagem indevida ou propina) e lavagem de dinheiro.
Pelo crime de organização criminosa, Silval pegou quatro anos e dez meses de reclusão. Pelo recebimento de vantagens indevidas no cargo de governador do Estado, foram mais três anos e quatro meses. Por último, devido ao crime de lavagem de dinheiro, ele foi condenado a cinco anos e cinco meses.A pena, em função do acordo de delação premiada, será cumprida em regime "diferenciado". Silval cumprirá prisão domiciliar. Foram colocadas algumas condições: "(ele) não poderá se ausentar de sua residência, exceto mediante autorização do Juízo, após ouvido o Ministério Público, ficará submetido a vigilância eletrônica pessoal em tempo integral, mediante o uso de tornozeleira". 
Ao elaborar a sua sentença, a juiza Selma Arruda afirmou que a confissão da participação dele nos crimes foi tímida. Portanto, ela discordou dos termos iniciais e reduziu apenas um terço da pena.
Silval tem um rol de processos que o manteve preso por um ano e oito meses, entre setembro de 2015 e maio deste ano, todos conduzidos pelo Ministério Público Estadual (MPE). A maior parte, quatro, dizem respeito a fases da Operação Sodoma.
Também foram condenador, o ex-secretário de Estado de Fazenda e de Indústria e Comércio, Pedro Nadaf, a 7 anos e dois meses em regime semiaberto, com tornozeleira.
 O ex-procurador Francisco de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, a juíza Selma Rosane Arruda, o condenou a 15 anos e meio de prisão em regime fechado. Outros condenados foram Silvio Corrêa e o ex-secretário Marcel Cursi.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte