Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
AS NOVAS TECNOLOGIAS NO AMBIENTE ESCOLAR: A VISÃO DOS EDUCADORES NA ESCOLA MUNICIPAL IRMÃ DULCE
Os professores veem-se obrigados a transformar suas praticas pedagógicas para pode interagir com o aluno “multimidiatico” que a sociedade está produzindo.
13:25   20 de Dezembro, 2017
d47a442a8ffc8de2f22d79c8c4f23477.jpg

Gislaine Aparecida de Oliveira Fagundes

Luciana Domingues de Andrade

Crislayne Giovana Fontes Alves

Claudia Xavier Claudino

 

Resumo: O presente artigo é o resultado de um projeto desenvolvido na Escola Municipal de Educação Infantil Irmã Dulce. O projeto abordou um tema relevante nos dias atuais e sua contribuição para ensino e aprendizagem na educação infantil. O objetivo deste trabalho foi verificar como o educador faz uso das TICs em sua prática pedagógica. A metodologia utilizada foi qualitativa por meio de revisão bibliográfica e entrevistas semiestruturadas. Os sujeitos da pesquisa foram quatro professoras que atuam no Pré I. Por meio dos dados obtidos percebemos a falta de formação continuada para as professoras a respeito das TICS na sala de aula. Constatou-se que a práxis pedagógica com as TICS como ferramenta na sala de aula proporciona ensinoaprendizagem mais prazerosos. Constatou-se a dificuldade e alguns educadores a utilizar a ferramenta TICS por falta desses recursos para o trabalho docente na escola. E quando existe não sabem manusear e nem utilizar tais recursos.

 

Palavras chaves: Educação Infantil, Tecnologia, Escola. Ensinoaprendiagem.

 

Introdução: A educação brasileira vem exercendo um papel fundamental no que se refere ao uso das Tecnologias na sala de aula. (TICs). Observa-se nitidamente falta deste recurso na sala de aula, outrora se apresentando de forma mecânica no processo de ensinoaprendizagem com os educandos. Diante dessa problemática, propôs-se a verificar como o educador faz uso das TICs em sua prática pedagógica para a melhoria do processo de ensinoaprendizagem dos estudantes da Educação Infantil.

Objetivo: verificar como o educador faz uso das TICs em sua prática pedagógica. Metodologia: Como procedimento metodológico, fez-se opção pela pesquisa qualitativa. Para Minayo (2013, p. 21), a pesquisa qualitativa responde a questões muito particulares. Ela se preocupa em trabalhar com o universo dos significados, motivos, aspirações, crenças, valores e atitudes. A coleta dos dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturada com quatro professoras do Pré I que atuam na Escola Municipal Irmã Dulce.

Resultados e discussões: Na sociedade contemporânea, observa-se o fascínio dos educandos pelos meios tecnológicos, e se o professor não buscar inserirem-se neste mundo digital como recurso a seu favor, com certeza, suas aulas serão todos os mais maçantes para os jovens na atualidade. Mudam-se as gerações, a tecnologia, porem o pensamento humano cristalizado sofre com as mudanças e transforma-se muito lentamente. Não se pode negar que a transformação da sociedade e as novas tecnologias trazem novos e constantes desafios para dentro das salas de aula. Os professores veem-se obrigados a transformar suas praticas pedagógicas para pode interagir com o aluno “multimidiatico” que a sociedade está produzindo. Ou então, na maior parte dos casos, negar o uso das TICs, proibindo os educandos a portarem seus celulares alegando que o mesmo atrapalha seu desenvolvimento.

Considerações finais: Entende-se que para que haja o trabalho instigante com as TICs não se pode limitar ao utilizarem-se as técnicas e métodos arcaicos que pouco contribui para o aperfeiçoamento e desenvolvimento do senso de autonomia dos seres humanos.  A educação tem um papel fundamental, porém nem sempre é isso que ocorre, a mesma tem a necessidade de estender-se no trabalho, sendo contínua e permanente. E, faz - se necessário utilizar das novas tecnologias de forma a vivenciar as mesmas, não somente usar, mas vivenciar com possiblidades de inserir em nossa prática.

 

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte