Jornal MT Norte
Publicidade
         
                
Mais
17:23   22 de Dezembro, 2017

AUDITORIA


A auditoria realizada pela Controladoria da prefeitura de Alta Floresta, que apontou diversas irregularidades na licitação do transporte escolar, determinou que os responsáveis terão que devolver mais de R$166 mil aos cofres públicos. E a empresa que realiza o serviço, mais R$ 42 mil. Será mesmo que este dinheiro será devolvido para a prefeitura?

 
COMENTÁRIOS
© Copyright 2014 Jornal Mato Grosso do Norte